Cruzeiros reforçam crescimento do turismo internacional no Pará

0
41

Em 2017, o desafio da Setur é frear a queda no índice de turistas nacionais proporcionado pela crise, através da divulgação dos pontos turísticos

Mais de 900 turistas dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra desembarcaram em Belém esta semana. Eles são passageiros do navio transatlântico Veendam e cumprem uma rota que começou na Guiana Francesa, chegou ao Brasil através de Belém e daqui, segue para Santarém e Manaus.

Vocalista de uma banda na cidade de San Diego, Califórnia, o americano Scott Woker se empolgou com o que viu, desde a janela do ônibus que levou os turistas do distrito de Icoaraci, onde o navio desembarcou, até o Ver-o-Peso, ponto de partida da excursão pela capital paraense. “Sempre tive curiosidade de conhecer a Amazônia e estou achando tudo muito exótico e bonito, mais do que imaginava”, disse o americano que estava acompanhado de um dos grupos da excursão.

Na presença de um guia turístico, os gringos conheceram a rica diversidade de frutas e ervas curandeiras da Amazônia, além de serem apresentados às camisas de Remo e Paysandu. A canadense Gladys Vivian, 71 anos, ficou impressionada com o sabor genuíno da castanha do Pará. “Ela é muito crocante e saborosa. Bem diferente da que a gente come no Canadá, que é desidratada”, ressaltou a turista.

Os cruzeiros marítimos reforçam os números positivos do turismo paraense. Em 2016, mais de um milhão de turistas e R$ 700 milhões foram gerados com a atividade no Pará.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Estado desafiou a crise e repetiu a marca superior a um milhão de visitantes. Foram 916.267 turistas nacionais e 114.092 internacionais. Houve queda de 8% no fluxo de turistas nacionais, mas aumentou em 6% o de turistas internacionais. O fator decisivo para esse crescimento foi a temporada maciça de cruzeiros marítimos, que vai de outubro a maio. Só no ano passado, o Pará recebeu 24.736 visitantes internacionais, em quase 20 cruzeiros.

“O incremento dos cruzeiros é proporcionado por uma integração entre setores. A Setur traz uma comissão, que se reúne anualmente para poder incrementar esse processo e também servir como apoiadora e facilitadora desses cruzeiros quando chegam às cidades. Particularmente em Belém, Santarém e Soure”, informa o secretário de Turismo, Adenauer Góes.

“O Governo do Estado vem tendo um papel fundamental nesse crescimento, porque através da Secretaria de Turismo (Setur), está sempre presente em feiras internacionais, que é primordial para fazer a captação de mais clientes”, disse João Ribeiro, diretor de uma empresa de turismo local.

O crescimento de turistas estrangeiros no Pará também é resultado da estratégia do Governo do Estado de atrair e consolidar vôos internacionais, criados em 2014 e 2015, em rotas para Lisboa, Miami, Caiena e Paramaribo.

Por Portal da Navegação, via Agência Pará.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
14 × 11 =