Navegação interior obtém R$ 150 milhões em prioridades e suplementações para embarcações e estaleiro no AM

0
5

Danilo Oliveira

O segmento de navegação interior obteve cerca de R$ 150 milhões em prioridades e suplementações para construção de embarcações e de um estaleiro no Amazonas. Desse montante, a Louis Dreyfus conseguiu apoio de R$ 43,8 milhões para construção de uma embarcação tipo Trimarã e duas balsas auxiliares. A empresa também obteve prioridade de R$ 48,8 milhões para construção de uma embarcação tipo floating crane.
A Hidrovias do Brasil obteve suplementação para construção de 80 barcaças graneleiras (cascos ERM 726 a 805), quatro empurradores fluviais de 1.200 BHP (cascos ERM 542, 543, 875, 876), um empurrador fluvial de 1.500 BHP (casco ERIN 2042); dois empurradores fluviais de 6.000 BHP (cascos Erin 2034 e 2035), anteriormente priorizado em dezembro de 2015. O valor total destas suplementações é de R$ 39,8 milhões.
A Hermasa também teve suplementação de R$ 57,7 milhões para modernização de 87 barcaças graneleiras, priorizadas inicialmente em maio de 2015. A companhia de navegação recebeu ainda o apoio para suplementação para construção de um estaleiro de reparo naval no município de Itacoatiara (AM), anteriormente priorizada em outubro de 2015. O valor da suplementação é de R$ 9,1 milhões. Esta prioridade tem prazo de 120 dias.

Por Portal da Navegação, via Portos & Navios.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome