Cerimônia de posse do novo Comandante-em-Chefe da Esquadra Brasileira será amanhã pela manhã a bordo do Porta-Aviões “São Paulo”

0
143

Amanhã, pela manhã, estará tomando posse nas funções de Comandante-em-Chefe da Esquadra no Rio de Janeiro, precisamente a bordo do Porta-Aviões “São Paulo”, o excelentíssimo vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, que no último dia 26 de julho, deixou o Comando do 4º Distrito Naval, depois de quase dois anos de muitas realizações, transmitindo o Comando para o seu colega de igual patente, Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, que aparece na foto ao seu lado.
Uma comitiva de soamarinos organizada pela SOAMAR-Belém estará presente na significativa cerimônia militar, que será presidida pelo excelentíssimo Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, Comandante da Marinha do Brasil, presentes ainda outras importantes autoridades civis e militares. (Foto: Luis Celso).

DESTAQUE NA MARINHA

Hoje a coluna faz um destaque muito especial, ao grande trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Capitão-de-Mar e Guerra Ricardo Jaques Ferreira, no Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, importante OM que faz parte da jurisdição do 4º DN, com suas unidades atuando nos rios e no mar, com um efetivo do mais alto nível.
O CMG Jaques, que aparece na foto com o colunista, é um Oficial Superior da Marinha da mais elevada qualificação, já tendo atuado também no exterior, sendo, inclusive, portador de uma grande lista de elogios, ainda recentemente o Almirante-de-Esquadra Ministro do Supremo Tribunal Superior Militar, Marcus Vinicius Oliveira dos Santos, confidenciou ao colunista as melhores referências ao mesmo. (Foto: Luis Celso).


O Prefeito Zenaldo Coutinho, quando de posse do vice-almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, no Comando do 4º Distrito Naval, ladeado pelo Cônsul do Japão, de Portugal, o colunista e o Comandante/Empresário maranhense Orson Feres, presidente da SOAMAR-Brasil, aliás, o Prefeito Zenaldo é muito estimado junto ao empresariado da armação fluvial do Pará.
Muito prestigiado pela Marinha, especialmente pelo 4º Distrito Naval, já que quando Deputado Federal conseguiu verba especial inclusive para recuperação do prédio sede e em outros setores do 4º Distrito Naval. (Foto: Luis Celso).

CRISE NADA. O Terminal Hidroviário do Porto de Belém “Luiz Rebelo Neto” registrou no mês de julho uma maior movimentação que no exercício passado, com 44.059 embarques e 44.110 desembarques. Média de 226 passageiros por hora e 2.715 por dia, com um aumento de 23% em relação ao mesmo período de 2016. A maior movimentação foi para a região do Marajó seguida de Macapá e Manaus.
Graças à elogiável organização do Terminal, imprimida pela CPH-Companhia de Portos e Hidrovias, órgão do Governo do Estado, não ocorreu nenhum problema. Um flash do último dia do mês de julho, feito por Luiz Celso especial para a coluna.

BEIRA DO CAIS

Deve ter algo errado, porque o SINDARPA é o verdadeiro representante sindical das Agências de Navegação do Estado do Pará, isto há mais de 60 anos. Eu vou… mas depois eu volto com os devidos detalhes, após pesquisar no Ministério do Trabalho.

Meu considerado amigo professor Mecenas Gonçalves, acompanhado da sua Dora, já está bordejando pela Europa. Ontem, de Madri, em linha direta manteve contato com o colunista informando que diariamente aciona o Portal da Navegação. Muito bom.

Graças ao extraordinário desempenho do catamarã construído em Belém pelo estaleiro ABS NAVAL para o Governo do Estado de São Paulo para fazer a rota Santos/Guarujá/Santos, outras unidades do mesmo tipo deverão ser encomendados. Isto será muito bom.

Sem medo de errar, já corre sigilosamente uma lista das companhias docas que deverão ser privatizadas no Governo Temer, entre elas está a nossa CDP-Companhia Docas do Pará, que por ironia do destino neste mês de agosto estará comemorando meio século.

Hoje a coluna faz um elogio muito especial, desta vez para a Drª. Jéssica Guimarães, que vem dando o brilho da sua inteligência e capacidade na área de Marketing, no poderoso e conceituado Grupo Norte Empreendimentos em Barcarena. Um beijo
e uma rosa.

Na atual gestão da ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, a Amazônia em todas as suas direções vem sendo tratada com especial atenção, muita coisa boa vem sendo feita inclusive em favor da armação fluvial. Nota 10 para a sua diretoria.

Muita gente não sabe, mas a DPC-Diretoria de Portos e Costas, que tem como titular o nosso especial amigo vice-almirante Lima Filho, tem sob a sua jurisdição 63 Capitanias, Delegacias e Agências, que funcionam em todo território nacional. Muito bom.

A SOBENA – Sociedade Brasileira de Engenharia Naval, estará recebendo apoio da FENAVEGA, do SINDARPA e do SINDARMA, para o maior brilhantismo possível do Congresso que será voltado para a navegação e industria naval, que será realizado em setembro em Belém.

O Grupo Bertolini, capitaneado pelo velho amigo Irani Bertolini, com meio século de Amazônia, comanda hoje uma grande frota fluvial de barcaças e empurradores e um mega estaleiro que funciona em Manaus. Para quem chegou a Belém com uma carreta, é muita coisa.

Tem gente no setor afirmando que as operações de retirada do Pedral do Lourenço no rio Tocantins, entre as cidades de Itupiranga e Marabá, acontecerá impreterivelmente neste semestre. Acreditar é preciso, mas sempre considerando as dúvidas. Depois eu volto.

A LOG IN conta hoje com seis navios para embarcações na cabotagem. São ele “LOG IN Resiliente”, “LOG IN Jatobá”, “LOG IN Pantanal” e os afretados “Cordélia” e “Aldebararn”. Os “LOG IN Tucunaré” e “LOG IN Tambaqui” foram vendidas para a HN.

Amanhã, a bordo do Porta-Aviões “São Paulo”, em plena baia de Guanabara no Rio de Janeiro, estará acontecendo a cerimônia de posse do novo Comandante-em-Chefe da Esquadra, nosso muito estimado amigo Alípio Jorge Rodrigues da Silva. Sucesso com certeza. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome