Diretor de Portos e Costas visita Conapra e atesta o cumprimento das competências da Praticagem, tecendo os melhores elogios

0
112

O diretor de Portos e Costas, vice-almirante Wilson Pereira de Lima Filho, conheceu no mês passado as instalações do Conselho Nacional de Praticagem (Conapra), no Centro do Rio de Janeiro.
Desde a publicação da Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário, em 1997, que não havia uma visita do representante da Autoridade Marítima ao Conapra.
O vice-almirante Lima Filho assistiu a uma apresentação sobre como estão sendo cumpridas as competências dadas ao Conapra pela Autoridade Marítima na Normam-12, que regulamenta o serviço de praticagem.
Entre as delegações previstas, estão a aplicação do curso de atualização de práticos, a homologação das estações de praticagem (atalaias) e tripulações das lanchas dos práticos, além da realização de inspeções e laudos necessários à homologação das lanchas pela Capitania dos Portos.

Ausentes

Dois bons diretores da SOAMAR-Belém se encontram no momento no exterior, o engenheiro e empresário Carlos Nascimento, e professor Dr. Mecenas Gonçalves. O primeiro nos Estados Unidos e o segundo na Europa. Ambos regressarão no início de setembro.

Prestigiada

Foi muito especial e prestigiada a cerimônia de posse do vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, no Comando-em-Chefe da Esquadra a bordo do Porta Aviões “São Paulo” em plena baia de Guanabara no Rio de Janeiro. Uma grande comitiva de Belém esteve lá.

Exportação

O porto de São Sebastião-SP foi o responsável pelo embarque do maior número de bois vivos para o exterior. Foram 22 mil animais embarcados no maior navio boiadeiro do mundo atualmente. A operação decorreu sem nenhum problema. Nota 10.

Controvérsia

Uma controvérsia danada envolve o início das operações de retirada do Pedral do Lourenço, a empresa credenciada para tal, através de licitação anunciou para alguns, menos para a coluna que o início acontecerá em 2018. Ninguém entende.

MARESIAS

Um contingente bem expressivo da SOAMAR-Belém se fez representar na posse do vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva como Comandante-em-Chefe da Esquadra no Rio de Janeiro, presidido pelo Comandante da Marinha. OOOOO Foi destaque na imprensa internacional o acidente ocorrido entre o navio mercante e o comboio fluvial da empresa amazonense Bertolini que culminou com a morte de nove pessoas em pleno rio Amazonas. OOOOO Nosso bom amigo engenheiro Carlos Nascimento, vice-presidente da SOAMAR-Belém, mantém linha direta com o colunista, ele que se encontra bordejando pelos EUA em visita a familiares. OOOOO Nesta sexta próxima o colunista estará no privé da Capitania dos Portos, para “estraçalhar” uma pescada amarela movida ao bom chileno, a convite do “GIGANTE”, meu especial amigo, Comandante Santiago, que é gente da melhor qualidade. OOOOO No mês de janeiro teremos diversas mudanças na área da jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval, não só em Belém. Em Santarém assumirá o novo titular da Capitania Fluvial. OOOOO Um dos melhores Práticos do Rio Amazonas estava também a bordo do navio porta-contêineres, na ocasião do acidente, ele não estava no quarto, trata-se do Comandante/Prático Leônidas Craveiro. O “Mercosul Santos” estava no seu rumo certo. OOOOO Dentre mais alguns dias o CLSAOR, estará funcionando com uma outra nova denominação, ou seja, Centro de Hidrografia e Navegação da Amazônia Oriental. Por sinal, este órgão tem papel muito importante na segurança da navegação. OOOOO O armador e empresário de minérios Cipriano Sabino de Oliveira está colocando o pé no jato rumo a Dubai, engatilhando novos negócios. Muito bom. OOOOO Muita gente não sabe, mas o rio Guamá já foi navegável. Comboios dos SNAPP faziam a rota normal Belém/São Miguel do Guamá, sem problemas, no transporte de pedras especiais. OOOOO A ENASA se ainda existisse iria completar no próximo dia 28, meio século. Seu primeiro presidente foi o meu amigo Agente de Navegação, Edmar Freire, que teve como diretores os também saudosos amigos Rodolpho Chermont, Nestor Pinto Bastos e Pedro Oliveira. OOOOO Foi de extraordinária importância para a Amazônia, o I Encontro de Navegação Sustentável da Amazônia, promovido pela ANTAQ em Santarém, que reuniu importantes órgãos nacionais ligados ao setor, atingindo inclusive o meio-ambiente. Nota 10.

BEIRA DO CAIS

O Grupo SERVEPORTO que cresce a cada dia. Localizado em Vila do Conde, que opera em diversos segmentos ligados ao sistema de logística, portuário, armazenagem e outros mais, está em preparativos para inaugurar em breve um novo TERMINAL para melhor atender seus clientes. Aliás, o SERVEPORTO foi premiado no ano passado, tendo tudo para repetir o mesmo sucesso também neste ano.

Comenta-se pela “beira do cais” que o acidente que aconteceu no rio Amazonas nas proximidades da cidade de Óbidos, entre o navio mercante “Mercosul Santos” e o comboio fluvial da BERTOLINI, foi uma falha humana, mas isto só o órgão competente, no caso a Capitania dos Portos, é quem vai dar a palavra final. De qualquer maneira, foi muito lamentável, com perdas de vidas preciosas.

Amanhã a nossa Base Naval de Val-de-Cães estará comemorando 68 anos de atividades, hoje sob o Comando do dinâmico e bom caráter Capitão-de-Mar e Guerra José Eduardo Vieira, que vem realizando um extraordinário trabalho. O evento será comemorado condignamente, com cerimônia militar seguida de um coquetel. O colunista registra o recebimento do atencioso convite.

Se ainda existisse, no próximo dia 28, juntamente com a CDP-Companhia Docas do Pará, a ENASA – Empresa de Navegação da Amazônia S/A. estaria comemorando meio século. Foi criada juntamente com a CDP com a extinção da autarquia Federal SNAPP. A ENASA teve como primeiro presidente o saudoso amigo Agente de Navegação Edmar Bulamarqui Freire e como diretores os também saudosos amigos Rodolpho Chermont, Nestor Pinto Bastos e Pedro Oliveira. Bons tempos. A ENASA tinha mais de 100 embarcações. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome