Capitania dos Portos divulga regras para participação de embarcações no Círio Fluvial

0
27

As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de outubro. Para garantir todas as orientações, a Capitania vai disponibilizar militares nas embarcações inscritas.

A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental divulgou na última sexta-feira (15) as regras para inscrições de embarcações no Círio Fluvial 2017. O navio que irá conduzir a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré vai ser bloqueado, por uma espécie de cinturão que vai envolver todo o navio. Já as embarcações dos romeiros que queiram participar do terão um posicionamento diferenciado. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de outubro.

De acordo com o Capitão dos Portos da Amazônia Oriental, capitão de mar e guerra Alexandre Santiago, todas as medidas buscam a segurança dos passageiros. “As embarcações maiores ficarão a direita do navio. E as menores a esquerda. O número de inscrições no ano passado foi de 306 embarcações, mas a gente sabe que esse numero é muito maior. Há muitas embarcações que saem dos furos e igarapés para participar da romaria. Então para essas embarcações pequenas, dos ribeirinhos, nós vamos ter uma atenção especial. Vamos distribuir coletes salva vidas para que elas possam participar com segurança”, revela.

A Capitania pede cuidado ainda com os acidentes e para garantir que todas as orientações sejam passadas aos passageiros, vai disponibilizar militares nas embarcações. “Neste ano teremos militares em cada um das embarcações inscritas na Capitania. Eles irão orientar o comandante, exigindo que ele faça um brifing de segurança para todos os passageiros, sobre como usar o colete, qual a localização e como agir em caso de acidente”, explica Santiago.
Para mais informações, a Capitania dos Portos disponibliza os números 185 e (91) 99114-9187.

Exigências

– É obrigatória a inscrição na capitania dos portos, no período de 18 de setembro a cinco de outubro;
– Cópia do título de inscrição de embarcação;
– Caderneta de inscrição e registro para condutores profissionais, e carteira de habilitação de amador para condutores das embarcações de esporte e recreio;
– Certificado de segurança da navegação;
– Assinatura de um termo de responsabilidade pelo proprietário/comandante da embarcação;
– Não serão aceitas inscrições das embarcações que cometeram infração durante a romaria fluvial de 2016;
– Obrigatório o uso de colete salva-vidas em embarcações pequenas do tipo “rabeta”, “canoa” e bote de casco de alumínio ou madeira;
– E é proibido o transporte de crianças menores de 12 anos em balsas e motos aquáticas.

Por Portal da Navegação, via G1 PA, Belém

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
5 + 6 =