Bacia de Manobras do Porto de Belém aumenta cada vez mais o assoreamento dificultando a atracação direta no cais do porto dos grandes navios

0
46

O assoreamento na bacia de manobras do porto de Belém está aumentando consideravelmente cada vez mais, exigindo grande perícia dos Práticos da Barra para atracação direta no cais do porto. Há cerca de três anos passados esse navio atracou diretamente no Armazém-8 da CDP-Companhia Docas do Pará, onde operou sem nenhum problema, atendido pela Operadora Atlântica Matapi.
De grande porte, carregou e zarpou ao seu destino sem comprometer as suas manobras, mas isto também graças ao elevado adestramento dos profissionais da Barra do Pará, que sem favor nenhum são verdadeiros mestres na arte de manobrar nos portos e terminais da sua Jurisdição. (Foto: Luis Celso).


Recentemente no Clube da Aeronáutica de Brasília, situado no Setor de Clubes Esportivos Norte, Brasília-DF foi realizada cerimônia de Imposição da Medalha do Mérito da Defesa, nessa cerimônia o Capitão-de-Mar e Guerra MARCELO BAPTISTA SANTOS (foto), Comandante do CIABA, foi condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito da Defesa, no Grau de Oficial, ele que vem realizando um extraordinário trabalho a frente da nossa Universidade do Mar, hoje referência internacional. Se fez merecedor dessa importante honraria como Oficial Superior de elite da nossa gloriosa Marinha do Brasil. (Foto: Ministério da Defesa).

Grande Soamarino sempre presente a importantes eventos da Marinha

Oengenheiro e empresário Carlos Nascimento, que retornou do Rio de Janeiro, no ultimo domingo, logo cedo na segunda-feira prestigiou com sua presença a cerimônia militar alusiva aos 38 anos o Corpo Feminino nas fileiras da Marinha do Brasil, por sinal foi o único soamarino presente.
Sem alardes, o empresário Carlos Nascimento participou no Rio de Janeiro de importantes eventos ligado a área naval, trouxe, inclusive, boas notícias de nosso muito estimado Almirante Alípio Jorge, que não esquece os seus amigos de Belém.

Clima Tenso

O clima não está nada cordial entre um armador fluvial amazonense e o presidente da Federação dos Marítimos e Fluviários do Estado do Pará, que defende como sempre fez as categorias dos sindicatos seus filiados. Calma gente.

Turismo Fluvial

Sem alardes esta sendo projetado um navio fluvial de turismo, para até o próximo ano, ser iniciada a sua construção, com capacidade para 150 passageiros-turistas que será operado na rota Macapá/Santarém/Manaus, com saídas de Belém.

Expectativa

Com certeza absoluta espera-se com muita expectativa no Maximo ate o final deste ano à retirada-reflutuação do navio-boiadeiro “HAIDAR” e a sua movimentação para outro local, antes do completar três anos, ou seja, em novembro próximo do acidente.

Terminal

Muita gente não sabe, mas já aconteceu no Terminal Sotave em Outeiro uma única operação “ship-to-ship” transferência de combustível entre um navio da Transpetro a Barcaças Fluviais. Por pequenas exigências, a CDP não levou em frente na gestão anterior.

Apoio

Na verdade tanto a ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, como a Secretaria Nacional de Portos, dirigidas pelos amigos Mario Povia e Luiz Otávio Campos de Oliveira, estão dando um grande apoio para a Amazônia, isto é muito bom. Nota 10.

BEIRA DO CAIS

O nosso grande amigo Almirante Murillo Barbosa, Diretor-Presidente da ATP-Associação de Terminais Privados, é o grande defensor do Projeto Barra Norte-Amapá, que irá proporcionar a entrada de navios de maiores calados até Manaus.

Tanto em Belém, como em Macapá, hoje estão funcionando estaleiros altamente especializados na construção de catamarãs comerciais de passageiros, que nada devem aos melhores do sul e sudeste. A marca de um deles na travessia Guarujá.

O SINDARPA-Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre do Estado do Pará possivelmente ainda no decorrer deste semestre deverá inaugurar a sua sede própria localizada em área nobre de nossa capital.

Hoje o SINDAMPA-Sindicato dos Agentes de Navegação Marítimo reúne seus associados num jantar de confraternização no Mangal das Garças, em homenagem ao Dia Nacional da categoria, que transcorreu no ultimo dia 23 de junho. Muito bom.

A Marques Pinto Navegação com sede em Santarém, uma das mais antigas do Pará que sobrevive, continua mantendo viagens regulares Santarém/Belém/Santarém transportando carga geral e passageiros, com a mesma organização de antes.

A coluna já está também circulando, ou melhor, no dias da sua publicação pelo Tribunal Marítimo no Rio de Janeiro, especialmente com o nosso grande amigo Almirante (RM-1) Lima Filho como Presidente muito bem.

A REICON, na marca dos seus 45 anos de atividades, hoje é referencia nacional dirigida pelo jovem e dinâmico armador José Rebelo III, por sinal vice-presidente da FENAVEGA e Diretor da Confederação Nacional dos Transportes.

Com a Carta ALYRIO SABBÁ – Lançada no TRANS – 2018, a região Amazônica poderá galgar um novo patamar de desenvolvimento. Assinada pela FENAVEGA e outros diversos sindicatos ligados ao setor tudo dependendo do Ministério dos Transportes. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
2 × 22 =