Empresa mineira atua na construção e revitalização de portos em São Paulo, Maranhão e Bahia

0
14

Lafaete é responsável pela locação de equipamentos e fornecimento de módulos habitacionais para obras em Santos, São Luís e Salvador

A Lafaete, empresa especializada em soluções construtivas sediada em Belo Horizonte (MG), está atuando na revitalização e construção de três grandes portos brasileiros, localizados nas cidades de Santos (SP), São Luís (MA) e Salvador (BA). A empresa foi contratada pelas organizações vencedoras das licitações nos Estados referentes e é a responsável pela locação de equipamentos e pelo fornecimento de módulos habitacionais para as obras.

Em São Luís, a Lafaete oferece suporte, desde o início de outubro, com a locação de máquinas para a construção do primeiro porto do município. O serviço é oferecido pela filial da empresa na cidade, fundada há 10 anos. Ao todo, foram contratados seis rolos compactadores, um trator agrícola, quatro basculantes e um caminhão-pipa. Os equipamentos serão liberados de acordo com as demandas da construtora, que desenvolverá projetos de terraplanagem e de construção civil. O contrato com a Lafaete tem prazo inicial de três meses, prorrogáveis por até dois anos.

Segundo Wilson Viana, gerente comercial nacional da Lafaete, a empresa foi escolhida em função de suas vantagens competitivas em relação ao mercado. “A Lafaete oferece um grande leque de máquinas, com um mix de equipamentos muito grande. O preço, o atendimento e a manutenção proporcionados pela empresa também são grandes diferenciais”, argumenta. A previsão é de que, depois da construção, o Porto São Luís seja um dos maiores portos a granel do Brasil, com capacidade de movimentação de cerca de 10 milhões de toneladas de produtos por ano, dentre os quais soja, milho, fertilizantes e petróleo.

Já na capital baiana, a Lafaete atua no processo de revitalização e ampliação do Terminal de Contêineres de Salvador. Foram demandados 44 módulos habitacionais, que foram destinados para o canteiro de obras. Segundo Viana, a Lafaete foi escolhida, sobretudo, pela expertise no trabalho em grandes construções.

Depois da reforma, na qual a Lafaete atuará ao longo de 18 meses, o Porto de Salvador estará apto a receptar embarcações ainda maiores que as atuais. Atualmente, o cais recebe cerca de 16 mil contêineres todos os meses, que são distribuídos por aproximadamente 40 navios. As cargas incluem equipamentos para instalação e manutenção de indústrias, além de produtos como arroz, químicos, celulose e fertilizantes.

A Lafaete ainda atuará nas obras do centenário Porto de Santos, em São Paulo, considerado o maior complexo portuário da América Latina. No espaço, serão feitas reformas de recuperação e de reforço estrutural de um dos cais do terminal, com quase 2 mil metros de extensão. Com filial em São Paulo, a Lafaete fornecerá, durante os 14 meses de obra, 65 módulos, que comportarão vestiário, refeitório, sanitário, escritório, laboratório e almoxarifado do canteiro de obras.

Por Portal da Navegação, via Terra.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
12 ⁄ 6 =