Assumiu o novo Comandante da Marinha em cerimônia prestigiada pelo Presidente da República

0
59
O Presidente da República Jair Bolsonaro, Ministros e outras Autoridades Civis e Militares.
O Almirante-de- Esquadra Leal Ferreira, quando cumprimentava o seu substituto AE Ilques Barbosa Junior.

Foi bastante prestigiada a posse no Comando da Marinha, o nosso muito conhecido Almirante-de-Esquadra Ilques Barbosa Junior, substituindo o seu colega de igual patente Eduardo Bacellar Leal Ferreira. Destacada a presença do Presidente da República Jair Bolsonaro, Ministros e outras importantes autoridades civis e militares de Brasília.
Com um currículo muito especial, o Almirante Ilques, já exerceu as mais importantes funções na Marinha, com certeza dará seguimento ao trabalho do seu antecessor. O colunista deseja completo sucesso a Autoridade Maior da nossa gloriosa Marinha do Brasil. Dois flashes, publicados com exclusividade pela coluna.

Uma jovem Capitão-Fluvial habilitada pelo CIABA

O CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, habilitou a primeira jovem, na categoria de Capitão – Fluvial, que desempenhará suas funções nos rios da Amazônia, onde hoje operam inclusive grandes Comboios Fluviais no transporte de grãos.
Alguns anos passados uma outra jovem Bióloga e habilitada como Mestre Fluvial, atuou no Comando de uma embarcação de turismo na Hidrovia Tietê/Paraná, saindo-se muito bem.

Adjudicação e Homologação da Concorrência

O Ministro da Infraestrutura tornou ao publico a adjudicação e homologação da Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa especializada na execução dos serviços de reflutuação e remoção do navio “HAIDAR” para a instalação de acostagem indicada pela CDP – Companhia Docas do Pará.
Foi a vencedora a empresa SUPERPESA – Cia. de Transportes Especiais e Intermodais. Valor Global R$ 44.637.500.00 (Quarenta e quatro milhões seiscentos e trinta e sete mil e quinhentos reais).

Ainda as mudanças na CDP que poderão acontecer

Ontem os “boatos” na Beira do Cais circulavam de ponta a ponta, de que a nova diretoria da CDP – Companhia Docas do Pará, estaria sendo alinhavada por um Deputado Federal do Pará, inclusive para a presidência o nome mais provável, seria de um Coronel da Reserva da Polícia Militar, ex – Deputado Estadual, que não foi reeleito. Até o final do mês teremos novidades.

MARESIAS

Na “Beira do Cais” os boatos continuam envolvendo os nomes de um Almirante da Reserva e de um Coronel da Reserva da PM, para a presidência da CDP. Boatos nada mais.

O colunista pode afirmar que até o momento nada de novo aconteceu, envolvendo as empresas estatais portuárias, porém todas as ameaçadas de privatização, ou estadualização.

Segundo um “velho” cedepeano, lá no CASARÃO está acontecendo uma grande preocupação, são mais de 300 servidores que contribuem para o PORTUS, que está agonizando.

A ENASA, que se acabou depois que foi estadualizada, contava com um grande patrimônio, inclusive em Manaus, um prédio em área nobre comercial. E dai?

Uma frota de mais de 100 embarcações. Hoje apenas ainda existe um navio fluvial de passageiros, que chegou a ser operado pelo Corpo de Bombeiros do Estado.

Esse navio é o “Barcarena” irmão gêmeo do “Soure” este ultimo em pleno trafego operado pela conceituada empresa BANNACH, o melhor do seu gênero da Amazônia Oriental.

O colunista agradece a conceituada Wilson Sons, a remessa dos valiosos brindes, essa empresa que opera em diversos segmentos é a maior operadora de rebocadores.

Nosso bom amigo CMG (MD) Vicente, que realizou um grande trabalho a frente do HNBe vai assumir em Brasília a direção do Hospital Naval. Convite na mesa do colunista.

Reconhecido trabalho do Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, na Secretaria de Portos envolvendo todo setor portuário do Brasil, isto acompanhamos nos últimos anos.

Infelizmente não foi possível participar da cerimônia de passagem de Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte. Que o G.A.D.U. acompanhe o nosso bom amigo Jaques.

Apta para o Comando nos rios da Amazônia, a primeira Capitão-Fluvial, habilitada para essa função pelo nosso CIABA, a nossa Universidade do Mar como é conhecido.

Inacreditável. Hoje a ARCON funciona na Rua Pariquis, entretanto o LETREIRO do referido órgão, ainda continua no CASARÃO da Rua dos Tamoios, era só o que faltava…

O Presidente da República Jair Bolsonaro, Ministros e outras Autoridades Civis e Militares.

O Almirante-de- Esquadra Leal Ferreira, quando cumprimentava o seu substituto AE Ilques Barbosa Junior. (AS)

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
22 ⁄ 11 =