Destaque especial para um armador que muito tem contribuído para o desenvolvimento do Marajó

0
75

Hoje a coluna faz um destaque especial, desta vez para o empresario e armador Daniel Pereira, diretor maior da HENVIL Transportes, pelo extraordinário desempenho dessa empresa em 2018, no atendimento a rota do Marajó através do Camará, utilizando dois modernos e confortáveis Ferry-Boats, um deles o “São Gabriel” considerado o maior do seu gênero da América Latina, com capacidade para mais de 1.000 passageiros e um amplo espaço para viaturas. Como se sabe, o armador Daniel Pereira, destaca-se pelo seu trabalho e integridade absoluta nos meios navais inclusive, tendo recentemente recebido da Marinha do Brasil, através do Comando do 4º Distrito Naval a alta comenda do Mérito Tamandaré merecidamente, como aparece na foto. (Foto: Luis Celso).

Dois casais alinhados, que muito se destacam no setor, Almirante Edervaldo e sua bela esposa Drª. Luene, ele Comandante do 4º Distrito Naval, ela presidente da Secção Pará – Voluntárias Cisne Branco, com o casal o amigo e empresário engenheiro Carlos (Ana Luíza) Nascimento, quando de importante evento social, este ultimo bordejando no momento pelos Estados Unidos em visita a familiares. (Foto: Luis Celso).

Grupo Atlântica Matapi continua crescendo com a Amazônia

O Grupo Atlântica Matapi, que hoje está atuando em todos os segmentos ligados ao setor, inclusive nas Operações Marítimas Fluviais e de Logística, acrescentou agora um Posto de Combustível Fluvial, que fica localizado próximo a MARINE PARK e um Restaurante móvel – fluvial que por sinal estão sendo muito elogiados.
Capitaneado pelo armador e empresário Relton Osvaldo Pinto, o Grupo Atlântica Matapi, cresce com a Amazônia, contribuindo grandemente para o desenvolvimento do Pará.

Dois confortáveis navios fluviais na rota de Manaus

Não será nenhuma surpresa para o colunista, se possivelmente ainda neste ano dois dos melhores navios fluviais mistos de cargas e passageiros, voltarem ao trafego, para fazerem a rota Macapá, Santarém, Manaus, com algumas escalas em cidades intermediárias, ambos com suítes especiais para turistas.
Aliás, essas duas embarcações, além do conforto oferecem absoluta segurança, oportunamente voltaremos com melhores detalhes.

Navios mercantes sem PRÁTICOS querem navegar no rio Amazonas

Teve grande repercussão no setor as notas publicadas sobre navios de grande porte navegarem no rio Amazonas sem PRÁTICOS, inclusive registramos um telefonema de um PRÁTICO – Aposentado, que por sinal foi nosso colega nos SNAPP, afirmando ser um “Suicídio” podendo acontecer o pior envolvendo grandemente também o meio ambiente. Qualquer tentativa, com certeza não terá o devido apoio da Marinha através da Capitania dos Portos, ao contrário o “bicho vai pegar”.

MARESIAS

Dizem, não sei. Que uma empresa Multinacional que opera na Amazônia inclusive no transporte fluvial, estaria também intermediando a vinda do novo presidente da CDP. Eu volto.

Ainda mais, um dos diretores da mesma, já foi presidente dessa estatal que hoje tem no seu Comando a Drª. Helena Moscoso, que deixará essa função a qualquer momento.

Excelente trabalho vem realizando em defesa dos seus associados o SINDAMPA – Sindicato das Agencias de Navegação Marítimas. Mantém uma organização irrepreensível.

Tudo indica que vai pegar mesmo, as operações Ship (To) Ship no Terminal Sotave, localizado em Outeiro, oferecendo calado para navios de até 70 mil toneladas. Muito bom.

Todo cuidado é pouco. Depois de São Paulo, Belém e a capital com o maior numero de Jet-Skys do Brasil, dirigentes inabilitados continuam burlando as recomendações da CPAOR.

Gente importante continua afirmando que o próximo presidente da CDP – Companhia Docas do Pará, será um Almirante da Reserva, que já serviu no Pará. Eu acredito.

Um grande numero de Praticantes – Alunos saídos do CIAGA – RJ e CIABA – PA, estão aguardando oportunidade para fazerem o estágio final nos navios mercantes.

Jamais a Capitania dos Portos, iria autorizar um navio de grande porte, cruzar o rio Amazonas sem PRÁTICOS abordo. Segurança, sem favor nenhum, é obrigação de todos!

Enquanto o modal rodoviário tem politica de incentivo ao combustível, o mesmo não acontece com as embarcações marítimas e fluviais. Isto é um absurdo.

A NORTE Empreendimentos oferece em Vila do Conde soluções diversas em logística portuária, mantendo o selo de maior operador marítimo e portuário do Pará.

O Grupo HENVIL Transportes, solucionou de vez o transporte fluvial para o Marajó via Camará, investindo forte no maior Ferry-Boat do Brasil. Oferecendo conforto e Segurança.

Orgulho. O estaleiro paraense RIO MAGUARI, foi considerado o maior destaque da indústria naval brasileira de 2018. Hoje é referência internacional. Muito bom.(AS)

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
23 ⁄ 23 =