Navios da Marinha atracam em Santarém durante operação de inspeção naval e treinamento

0
12

A ‘PatNav Amazonas/AdeComte’ foi realizada no trecho entre as cidades de Manaus AM e Santarém PA .

Os Navios-Patrulha Fluviais (NPaFlu) “Raposo Tavares” e “Rondônia”, e o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles”, subordinados ao Comando da Flotilha do Amazonas, visitaram o município de Santarém, no oeste do Pará, de 18 a 21 de janeiro, na 1ª Fase da Operação “PatNav Amazonas/AdeComte”.

A operação é realizada com o propósito de treinas os futuros comandantes, bem como para intensificar ações de Patrulha Naval (PatNav) e Inspeção Naval (IN) em áreas de interesse para a Marinha do Brasil, a fim de evitar a prática de ilícitos, além de zelar pela segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar e prevenção da poluição hídrica.

Segundo o comandante do Navio-Patrulha Fluvial Raposo Tavares, capitão de corveta Rodrigo Garcia, mais antigo dos comandantes dos navios que visitaram a cidade, é sempre uma satisfação visitar Santarém, que ele considera uma cidade acolhedora e bela.

A área de operações está compreendida entre as cidades de Manaus (AM) e Santarém (PA) no rio amazonas. Uma aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral e um Destacamento de Fuzileiros Navais do 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas também participam da operação, com exercício de transferência e transporte de carga por meio da aeronave embarcada. O NAsH Soares de Meirelles realizou diversos atendimentos nas comunidades ribeirinhas ao longo do trecho navegado.

Na manhã de segunda-feira (21), o capitão dos Portos de Santarém, comandante Robson Ferreira, esteve nos navios para se despedir dos comandantes que regressaram para Manaus. Na ocasião, ressaltou a importância de Santarém sempre receber os navios que são a razão de ser da Marinha do Brasil, bem como destacar a importante missão dos mesmos para o Brasil.

Outro motivo de alegria para o capitão dos Portos foi de rever o mesmo navio, que já tinha servido anteriormente e que o trouxe pela primeira vez à cidade de Santarém, há 16 anos, o Navio-Patrulha Fluvial Raposo Tavares.

Por Portal da Navegação, via G1 / FolhaPA

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
23 + 3 =