Ex-Comandante do 4º Distrito Naval é um dos presidenciáveis da Companhia Docas do Pará – CDP

0
122

Entre os presidenciáveis da CDP-Companhia Docas do Pará, está o ex-Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Edlander Santos, hoje na Reserva da Marinha, conhecedor profundo de todos os problemas da Amazônia, ele que realizou um grande trabalho a frente do 4º DN, aparecendo na foto com o grande empresário paraense – AMIGO DA MARINHA, Oscar Rodrigues, presidente do Grupo LÍDER e o colunista.
Se de fato isto acontecer, com certeza a nossa CDP estará em boas mãos, agora resta aguardar os acontecimentos, mesmo porque, até ontem o número de candidatos já somava mais de meia dúzia, conforme corria solto na “BEIRA DO CAIS”. (Foto: Luis Celso).

Assumiu o novo Comandante do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Belém

Em significativa cerimônia militar, tomou posse na última sexta-feira o novo Comandante do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas, Capitão-de-Fragata (FN) Alessandro Carlos da Silva Gonçalves, em substituição ao seu colega de igual patente Célio Litwak Nascimento, que aparecem na foto feita por Luis Celso especial para a coluna.
O evento foi prestigiado por diversas autoridades civis e militares, acontecendo no final um congraçamento entre todos. O colunista convidado, por outros compromissos deixou de comparecer. Desejamos sucesso ao novo Comandante.

Portos brasileiros com menor desempenho

Hoje o Brasil está ocupando o 80º lugar entre os 137 países de acordo com o Fórum Econômico Mundial. Sofreu uma queda brusca da posição em que ocupava, ou seja, o 48º lugar, isto em função de muitas deformidades administrativas dos portos brasileiros, políticos inclusive e outros problemas mais. Lamentável.

Privatizações a vista das Companhias Docas

Comenta-se no setor, que ainda no decorrer deste semestre será iniciada as privatizações das Companhias Docas, entre elas a nossa CDP – Companhia Docas do Pará, que administra diversos portos, com grande destaque o de Vila do Conde. Com certeza, porém, acontecerá através de um processo demorado, já que o assunto envolve uma serie de problemas, inclusive reclamações trabalhistas que chegam a mais de 300, somando uma importância muito grande, cujo pagamento a empresa não tem recursos financeiros para saná-los.

Presidência da CDP nunca foi tão disputada como agora

A disputa está acirrada pela presidência da CDP – Companhia Docas do Pará. Ontem estava assim o placar: Edlander Santos, Eduardo Bezerra, Raul Moreira, Paulo Mota, Sérgio Segóvia, correndo por fora um outro Almirante da Reserva, por sinal nosso velho conhecido, cujo nome, a pedido, deixamos de publicar.

PRÁTICOS no Brasil são profissionais do mais alto nível

Muita gente não sabe mas no exercício de PRÁTICOS no Brasil, fazem parte Oficiais Superiores da Reserva da Marinha, Oficiais da Marinha Mercante, Advogados, Administradores, Economistas, Engenheiros e dentro em breve um Médico, este por sinal vai atuar na ZP-1 (Rio Amazonas), além de outras categorias superiores. São profissionais do mais alto nível.

MARESIAS

Olho vivo: tem gente sendo designada no setor para exercer funções sem o devido preparo ou afinidade com questões portuárias. Depois eu conto os detalhes.

Nosso muito obrigado ao amigo de muitos anos armador e empresário de mineração Cipriano Sabino de Oliveira, pelos elogios consignados ao nosso trabalho.

Um jovem que muito vem se destacando no setor, é o PHD armador e empresário Breno Dias, Diretor do Grupo GDIAS e da empresa de navegação Transdourada. É nota 10.

O gentleman Kleber Menezes, portador das mais altas comendas da nossa Marinha, agora com mais tempo, vem prestigiando os grandes eventos ligados ao setor.

Ontem na “BEIRA DO CAIS” surgiu mais um nome para a presidência da CDP-Companhia Docas do Pará. Somando seis aspirantes ao cargo, inclusive dois Almirantes da Reserva.

Tem um armador fluvial em nossa capital, que mantém um estreito relacionamento com o atual vice – presidente da República. Depois eu conto o nome dele. Anotem.

Se não ocorrer acidente de percurso, neste ano o colunista participará da Boite Show de Miami – EUA, a convite de um grande estaleiro, que não é de Belém.

Com certeza o nosso Governador Helder Barbalho, não vai deixar o navio fluvial de passageiros “Barcarena” virar sucata. Essa embarcação está há tempos encalhada na lama de Miramar.

O nosso amigo CMG Ricardo Jaques, que recentemente deixou o Comando do GPNN, onde realizou um grande trabalho, sempre muito educado agradeceu as considerações do colunista.

Por outros compromissos assumidos a anteriormente, o colunista deixou de atender o convite para aquela saborosa “DOBRADINHA” no privé do 4º Distrito Naval.

Por uma intercorrência profissional o jantar em homenagem ao Almirante Edervaldo foi transferido para o próximo dia 20, no mesmo horário e local.

Em fase experimental, já está no ar a Rádio Marinha FM, com o seu Studio em dependência do 4º Distrito Naval, musicas selecionadas no momento para os navegantes. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
27 × 11 =