Irrepreensível a festa do SINDOPAR que marcou o seu Jubileu de Prata e o Lançamento do Anuário Portuário

0
46
O Governador Helder Barbalho recebendo a mais alta honraria do SINDOPAR.
O vice-governador Lucio Vale recebendo a homenagem do SINDOPAR.
O Senador Zequinha Marinho, recebendo também a homenagem do SINDOPAR.

Poucos eventos ligados ao setor foram tão prestigiados como a festa do Jubileu de Prata e o lançamento paralelo de mais um ANUÁRIO PORTUÁRIO do SINDOPAR, lotando o Salão da FÁBRICA–242, fruto do trabalho dinâmico do presidente Alexandre Carvalho e demais diretores. Convidados presentes de diversas capitais, autoridades civis e militares.
Sem qualquer dúvida a chegada no local do nosso jovem Governador Helder Barbalho, por si só já foi uma grande festa. Ele foi homenageado com a mais alta honraria dessa entidade, que hoje do seu gênero destaca-se até internacionalmente. Na ocasião também foram homenageados o vice-governador Lucio Vale e o Senador Zequinha Marinho. No próximo domingo outros flashes do importante acontecimento. Fotos Luis Celso.

Porto de Vila do Conde precisa de novos melhoramentos

O porto de Vila do Conde está necessitando urgentemente de uma completa repaginação, além de ser o mais movimentado da CDP, ou melhor, da Amazônia, próximo das principais rotas marítimas internacionais, com acesso direto a todos os continentes, teve agora o seu movimento aumentado tendo em vista a liberação dos 13,8m através do Canal do Quiriri. Calado, que permite a entrada de grandes navios.

TRANSDOURADA incorporou moderna embarcação

A empresa de navegação TRANSDOURADA do conhecido e conceituado Grupo GDIAS, que é portadora do SELO de melhor transportadora de derivados de petróleo na Amazônia, acaba de incorporar uma possante e moderna BALSA – Petroleira, que levou assinatura do melhor estaleiro do Brasil na construção de embarcações fluviais que é o Rio Maguari.

Grupo REICON reativa a criação de Pirarucu na Mexiana

O jovem dinâmico presidente do Grupo REICON, armador e empresário Dr. José Rebelo III, esteve dando um bordejo pela Mexiana, para dar uma nova dinâmica na criação de pirarucu, objetivando futuramente a exportação desse especial peixe da Amazônia, colocando em prática um sonho do seu saudoso genitor, Luiz Rebelo Neto, cujo projeto ele deixou pronto, tendo inclusive mantido diversos contatos no exterior com possíveis importadores.

MARESIAS

Tomou posse ontem o novo Presidente da CDP Eduardo Henrique Pinto Bezerra em reunião realizada pelo CONSAD da estatal. Um dos Conselheiros votou contra, dando as devidas justificativas.

HENVIL Transportes com toda sua Força-Tarefa devidamente revisada para atender suas programações dentro dos horários previstos para o Marajó nos dias de Carnaval.

O nosso muito obrigado ao melhor Mestre de Cerimônia do Norte e Nordeste, Dr. Professor Nelson Fortes, pelas palavras elogiosas, quando da grande festa do SINDOPAR.

O colunista recebeu de um “passarinho” uma mensagem para anotar este nome: Dionísio Tavares da Câmara Junior – CMG, na função de CEM do 4º DN. Junho vem ai.

No local onde outrora funcionou um estaleiro no final da Tamandaré com vazão para a Guajará, seria um ótimo local para construção de mais um Terminal Fluvial.

O colunista espera no máximo até na sexta-feira um contato direto com a SUPERPESA, para poder informar com precisão o início das operações de reflutuação do Navio “HAIDAR”.

O Capitão Fluvial – Comandante Rodolpho Nóbrega, presidente da Federação dos Fluviários e Marítimos do Pará, está muito afinado com as autoridades do setor.

A Rádio Marinha – FM, que será inaugurada pelo 4º DN no próximo dia 08 de março é a segunda, que leva assinatura do Almte. Edervaldo. A primeira foi no 6º DN.

O jovem armador e empresário José Rebelo III, vice-presidente da FENAVEGA e Diretor da CNT, veio também prestigiar a grande festa do SINDOPAR. Muito bom.

Outro grande destaque na noite festiva do SINDOPAR, foi também do nosso amigo engenheiro Adalberto TOKASKI, Diretor da ANTAQ, gente da melhor qualidade.

O gentleman Relton Osvaldo Pinto, empresário, armador e operador portuário foi um dos homenageados pelo SINDOPAR merecidamente. Tem mais de meio século no setor.

Se fosse nos bons tempos, quando em pleno funcionamento, a Cábrea “Rio Branco” da CDP, hoje ociosa, seria de muita importância para a reflutuação do navio “HAIDAR”. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
8 + 19 =