SINDOPAR expedindo convites para a cerimônia festiva do seu Jubileu de Prata e do lançamento do Anuário Portuário

0
35

O SINDOPAR já está expedindo convites para a cerimônia festiva na FÁBRICA – 242 em comemoração ao seu JUBILEU DE PRATA e o lançamento do ANUÁRIO PORTUÁRIO, publicação que hoje é referencia nacional, pelo especial conteúdo envolvendo informações precisas do setor, isto no próximo dia 22.
Com certeza o ponto alto do evento será a merecida homenagem que será prestada ao nosso jovem Governador Helder Barbalho, por tudo de bom que fez e continua fazendo pelo setor portuário, elogiável iniciativa da diretoria do SINDOPAR a frente o Advogado Alexandre Carvalho, que aparece na foto com o presidente do SINDARPA PHD Dr. Eduardo Carvalho, Dr. Miguel Fortunato e o colunista, quando da recente Confraternização do SINDARPA na FIEPA. (Foto: Luis Celso).

Iniciativa privada de olho na CDP- Companhia Docas do Pará

Em política tudo é possível. Ontem os comentários no setor, era que já tem gente trabalhando no Planalto, objetivando a privatização da CDP – Companhia Docas do Pará, pelos bastidores três importantes grupos multinacionais, que operam na Amazônia Oriental estariam dando um suporte, para que isto aconteça. A qualquer momento o destino dessa empresa portuária será confirmado.

Ainda o Terminal SOTAVE localizado em Outeiro

Comenta-se na “BEIRA DO CAIS” que o Terminal SOTAVE, que fica localizado em Outeiro e que consta na lista do próximo leilão, desta vez será passado em frente, já que existem interessados no mesmo. Considerando o seu calado, para receber navios de até 70 mil toneladas, ele será operado através do sistema “Ship (TO) Ship” o que, aliás, já aconteceu por algumas vezes com absoluto sucesso.

SUPERPESA até agora não chegou ao porto de Vila do Conde

Mais de um mês que o Ministério da Infraestrutura, tornou publico a adjudicação e homologação da Concorrência para execução dos serviços de reflutuação e remoção do navio “HAIDAR”, que se encontra submerso e encalhado junto PÍER – 302 no porto de Vila do Conde, e até agora a empresa vencedora SUPERPESA, não chegou com seus equipamentos no local, para dar inicio a operação.

PREVbarco a serviço do INSS atendendo os ribeirinhos

Elogiável sobre todos os aspectos, as operações realizadas pelo PREVbarco Belém – I,vinculado a Gerência do INSS Belém, ainda recentemente atendeu a população ribeirinha no Arquipélago do Marajó,bem como do baixo Tocantins, oferecendo diversos serviços e prestando as devidas informações sobre os benefícios do INSS. Nota 10.

Considerado de primeiro mundo a nova sede da Praticagem da Barra

Altas autoridades da Marinha, que visitaram a nova sede da Praticagem da Barra do Pará, inclusive o Diretor de Porto e Costas – DPC, vice-almirante Roberto Gondim Carneiro da Cunha, foram unânimes em consignar os melhores elogios, com isto essa entidade secular, merece o Prêmio ANTAQ – 2019, por tudo de bom que vem fazendo. Sua nova sede, nada deve as melhores do mundo do seu gênero.

MARESIAS

O poderoso GRUPO MAERSK, é hoje considerado como um dos maiores do mundo, operando mais de 750 embarcações de diversas empresas, presente também no Brasil: ALIANÇA.

O engenheiro naval Fábio Vasconcellos, diretor comercial do estaleiro Rio Maguari e presidente do SINCONAPA, é hoje Membro do American Bureau off Shipping (ABS) em Nova Iorque.

Muito elogiado no setor o lançamento do “Projeto NAVEGAR” pelo SINDARPA – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial Lacustre do Estado do Pará

Pouco a pouco um grande catamarã misto de cargas e passageiros está sendo recuperado para voltar ao trafego, possivelmente ainda no decorrer deste ano. Anotem.

Aumentando a lista dos presidenciáveis da CDP- Companhia Docas do Pará, agora o cedepeano Raul Ramos Moreira, capacidade ele tem até demais, com três cursos superiores.

Nossos representantes em Brasília, tanto do Senado como da Câmara dos Deputados precisam se unir sem cor partidária em defesa da Hidrovia do Tocantins.

A livre navegação através da mesma só poderá acontecer o ano todo, com a retirada do Pedral do Lourenço e das Pedras de Marabá. Já é sem tempo. Eu volto.

Outra providencia que também poderá ser tomada pelos nossos representantes em Brasília, é o termino do asfaltamento da BR – 163, cuja demora continua trazendo sérios problemas.

A CARGILL, que tem como diretor de portos um ex-presidente da CDP- Companhia Docas do Pará, continua aumentando as suas operações na Amazônia. Muito bom.

Graças ao trabalho do nosso amigo Almirante Murilo o Projeto Barra Norte, já está permitindo a entrada e saída no Rio Amazonas, de navios de grandes calados.

Como se sabe, o Almirante Murilo é o presidente da ATP – Associação dos Terminais Privados recebeu da Marinha todo apoio para que isto acontecesse. Nota 10.

Para o representante da CNA – Confederação Nacional da Agricultura Luiz Antonio Faiet, o atraso de mais de 10 anos da BR – 163, é um crime contra o país. Certo.

A COLUNA VOLTA DOMINGO.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
6 + 2 =