25/03 (QUINTA-FEIRA) – AINDA A TRAVESSIA Belém Marajó operada pela HENVIL Transportes diariamente sem problemas

0
80

Hoje a Travessia Fluvial entre Belém e o Camará – Marajó que dá acesso para Soure, Salvaterra e outras localidades da grande Ilha, tem o privilegio de contar com a presença do melhor e maior FERRY BOAT da América Latina, o “São Gabriel” da conceituada empresa HENVIL TRANSPORTES, que tem capacidade para transportar mais de mil passageiros confortavelmente instalados e ainda um grande espaço para um grande numero de viaturas, cuja embarcação tem recebido os melhores elogios até de turistas estrangeiros que se dirigem ao Marajó.
Como se sabe essa embarcação mantém uma programação irrepreensível, cumprindo com a mais absoluta regularidade os seus horários de saídas e chegadas, com uma tripulação do mais alto nível, tanto assim que já consignou diversas premiações da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental. (Foto: Luis Celso).

Presidente do Sistema FIEPA vai receber importante honraria em Manaus

O presidente do Sistema FIEPA, nosso velho conhecido e amigo empresário José Conrado Santos, por sinal muito estimado também no setor naval e aquaviário, será um dos homenageados em Manaus dia 29, com a Medalha Grandes Amazônidas, cuja honraria é concedida pela Associação PAN AMAZÔNICA, envolvendo empresas, instituições ou personalidades que contribuem para promoção do bem, comum dos povos amazônicos e do desenvolvimento regional.

Novo presidente da CDP recebeu uma boa grana aprovada pelo CONSAD

O novo presidente da CDP – Companhia Docas do Pará, que acaba de completar um mês na função, já embolsou uma grana alta, ou seja, mais de 60 mil reais, devidamente aprovado pelo CONSAD da empresa, incluindo Ajuda de Custo, já que o mesmo veio de Brasília, nada contra, mais lá no “CASARÃO” o ambiente não é nada cordial, segundo comenta-se na “beira do cais”.

Tarifas cobradas na travessia para o Marajó

As tarifas cobradas nas travessias no nosso estado são as mais econômicas do Brasil, muito especialmente na rota do Marajó através do Camará. O recente reajuste apenas cobriu a defasagem, enfrentadas pelas empresas de navegação que fazem a referida rota, em absoluto não existe exagero, isto poderá ser comprovado com as outras praticadas, inclusive bem aqui pertinho, ou seja, no estado do Maranhão.

Leilões de Áreas que pertencem a CDP na ponta da linha

No próximo dia 31 estará acontecendo através da BM&FBovespa, o leilão de duas áreas portuárias da CDP em Santarém, uma em Vila do Conde e três em Belém no Terminal de Outeiro. Enquanto isto no dia 05 de abril na Bolsa de Valores de São Paulo acontecerá o leilão de diversas áreas localizadas no Terminal Petroquímico de Miramar e mais uma localizada no Porto de Vila do Conde, que conta com o Berço 501 e o Berço 502. O prazo de arrendamento será de 25 anos.

MARESIAS

Na última reunião do CONSAD da CDP, foram reajustados os salários dos Diretores, com direito ainda a receberem honorários por mais seis meses, após deixarem a função, a chamada “quarentena”. Será que o Presidente Bolsonaro sabe disso?

A WILSON Sons Estaleiros, empresa de construção naval do Grupo Wilson Sons, apresentou um faturamento de 80 milhões de reais no ano passado, com crescimento de 27% em relação a 2017, nada a ver com os demais segmentos ligados ao setor.

O PREVbarco III, que entra em atividades para atender ribeirinhos do oeste do Pará, levou a denominação de “Barão do Amazonas” oferecendo absoluta segurança e conforto para os tripulantes e servidores do INSS. Sua base é Santarém.

O Grupo Bannach, capitaneado pelo amigo Armador e empresário Carlos Bannach, dono de um dos melhores Terminais Fluviais de Belém, está fazendo uma completa melhora no mesmo, broquetando toda sua área. Isto é muito bom e nota 10.

Acho engraçado esses “novos ricos”, que me faz lembrar uma frase do grande Almirante Tamandaré – Patrono da Marinha: “Tudo se acaba na sepultura, e os bens são transitórios, enquanto a HONRA a tudo sobrevive”. Depois eu justifico.

No próximo mês de abril, vão a leilão diversas áreas portuárias pertencentes à CDP – Companhia Docas do Pará, cuja intermediação estará sob a responsabilidade da ANTAQ – Agência Nacional de Transportes Aquaviários, do pacote o Terminal SOTAVE.

HENVIL Transportes, assim como as demais empresas de navegação como Arapari e BANAV, oferecendo um serviço muito especial para o Marajó. A HENVIL opera os melhores Ferry-Boat do Brasil, todas praticam a menor tarifa comparando com outros Estados.

O Marajó já contou com o navio fluvial mais luxuoso que já operou no Brasil, o “Presidente Vargas” construído em Amsterdam – Holanda,
mesmo assim, os sourenses ainda reclamavam das tarifas. Por ironia do destino, esse navio hoje “reside” no fundo do rio Paracauary.

Se vivo fosse o saudoso amigo Phelippe Daou, estaria rindo à toa, com o trabalho do seu filho também Phelippe Daou, pelo dinamismo imprimido na Rede Amazônica de Televisão. Phelippe atuou no “O JORNAL” e “Diário da Tarde” em Manaus. Bons tempos. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
3 × 5 =