11/04 (QUINTA-FEIRA) – SOAMARINOS homenagearam o Comandante do 4º Distrito Naval em grande estilo

0
99

Na ausência da presidente e bem como do vice – presidente da SOAMAR – Belém, um grupo de diretores da entidade que congrega os soamarinos de Belém, homenagearam o excelentíssimo vice-almirante Newton de Almeida Costa Neto – Comandante do 4º Distrito Naval, que aniversariou no ultimo dia 09 passando as suas mãos uma significativa lembrança, como se vê na foto.
O ilustre aniversariante, que está no Comando do 4º DN, a menos de um mês, muito sensibilizado agradeceu, fazendo inclusive na ocasião os melhores elogios a SOAMAR – Belém, que do seu gênero é uma das mais atuantes do Brasil. No final aconteceu um singelo congraçamento, entre os presentes.
Presentes os soamarinos Raul Moreira, Mecenas Gonçalves, Hermógenes Pessoa e as belas soamarinas Milva e Raquel. (Foto: Luis Celso).

Uma solução que poderia diminuir o problema causado pela ponte do Moju

Com diversos navios fluviais convencionais, mistos de cargas e passageiros, a autoridade competente poderia determinar o tráfego dos mesmos, já que diversos deles encontram-se em boas condições encalhados na lama do litoral inclusive, um deles do Governo do Estado. Essa providência suavizaria a situação dos habitantes das regiões do Moju, Acará, Tocantins e outros locais que utilizavam a ponte acidentada.

Grupo Norte genuinamente paraense é hoje destaque internacional

O Grupo paraense NORTE Empreendimentos de Vila do Conde, é hoje destaque internacional, em função da moderna técnica imprimida no embarque de minérios através de uma pratica especial, oferecendo absoluta proteção ao meio ambiente. Por sinal o Grupo Norte do seu gênero está colocado entre os melhores da América Latina.

Criadores de Peixe do Xingu terão diagnóstico do setor.

Os criadores de peixes ornamentais e de pescado para consumo da região do Xingu vão contar com um diagnóstico do setor, além de capacitação e participações em feira de negócios. O objetivo é incentivar a cadeia do pescado na região. A iniciativa será possível graças a um convenio assinado esta semana entre a REDES/FIEPA e a Norte Energia.

Honroso convite para participar da BOAT SHOW de Miami

O colunista antecipadamente recebeu honroso convite, aliás, pela terceira vez para participar da famosa BOAT SHOW de Miami, por sinal o tradicional estaleiro INACE de Fortaleza, tem CADEIRA CATIVA. Dessa Feira muitos paraenses participam. Se Deus assim o permitir estaremos lá com a bandeira do nosso “O LIBERAL”.

MARESIAS

Os Grupos que arremataram as áreas no Terminal Petroquímico de Miramar em nossa capital vão ter que se unir para fazer a dragagem do contrario o bicho vai pegar já que os PRÁTICOS, já estão encontrando seria dificuldade para manobrar os navios para atracação.

O CLUBE DA RODELA, que tem a frente Mecenas Gonçalves, vai homenagear o Almirante Newton, num almoço vão pontificar “rodelas” de filhote, pescada amarela e salmão, em comemoração ao seu aniversário, que decorreu no último dia 9. Vamos lá.

Empresa que estava operando o rebocador que derrubou a ponte sobre o rio Moju que foi inclusive noticia internacional, deveria se responder pelo custo da mesma, que vai a alta soma de 100 milhões de reais, segundo os cálculos divulgados.

Para suavizar a situação, embarcações fluviais de cargas e passageiros estarão sendo designadas para voltar à rota do Tocantins, já que o problema é muito sério socialmente tendo em vista o problema que causou o acidente ocorrido com a ponte do Moju.

A nossa muito querida amiga Drª. Sônia Guedes, presidente da SOAMAR submeteu-se a cirurgia de urgência no Hospital do Coração em São Paulo. Graças a tudo de bom, brevemente estará voltado a Belém com muita força e vigor.

Confirma-se que anunciamos a seis meses passados, vem ai uma nova empresa de navegação fluvial, voltada para o transporte de grãos, tanto da Amazônia Ocidental como da Amazônia Oriental. De início passará a operar com dois comboios.

A Marinha Mercante Brasileira, lamentavelmente não é mais aquele eldorado, o desemprego de oficiais mercantes das diversas categorias, é muito grande, além da presença de marítimos estrangeiros que continuam migrando para o Brasil.

Os sindicatos estão enfrentando problemas com aquela medida antipática do Governo Federal, tirando a obrigatoriedade do pagamento das mensalidades por parte dos seus associados, como vinha sendo feito há longos anos. Um absurdo.

Aliança Navegação e Mercosul Line, ambas de capitais estrangeiros, passaram a dominar no Brasil de ponta a ponta o transporte de cargas de cabotagem. As empresas genuinamente brasileiras estão perdendo espaço, o que é muito lamentável. Triste. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
7 × 24 =