Governo comunista do Maranhão poderá perder concessão do Porto de Itaqui após ‘pedaladas’

0
41

Athos Menezes

O governo do comunista Flávio Dino pode perder concessão do Porto de Itaqui devido a ações não previstas em contrato.
O Porto de Itaqui é um dos maiores portos públicos do Planeta. O início de suas obras ocorreram na década de 1970 durante o governo do Presidente Médici.
Entretanto, ainda durante o período de transição, foi observado um sistema de “pedalada” promovida pela Empresa Maranhense de Administração no Porto de Itaqui.
De acordo com o Jornal O Estado, as movimentações financeiras são semelhantes as cometidas pela ex-presidente Dilma e que resultaram no seu impedimento.
Durante o processo de transição o fim do acordo entre Governo Estadual e União não é descartado. Entretanto, já foram movimentados mais de R$ 140 milhões de Reais para o governo do Estado.
Neste processo, a União pede explicações para onde foram gastos estes valores e de que forma o governo justificaria uma ação proibida em contrato.
Como consequência, o Porto de Itaqui não entrou em processo de concessão pelo ministro Tarcísio de Freitas.
Entrelinhas, o Porto de Itaqui perderá investimentos maiores na área portuária.
O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público

Por Portal da Navegação, via Conexão Politica.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
15 × 18 =