Muitos elogios foram consignados a FENAVEGA pelo seu excelente desempenho nacionalmente

0
84

A Diretoria da FENAVEGA – Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviarias, com sede em Brasília que tem dois armadores amazônidas um como presidente Raimundo Holanda e como vice José Rebelo – III, que aparecem na foto com o colunista, consignou uma serie de elogios das empresas filiadas pelo extraordinário desempenho dessa importante entidade de grau superior no exercício passado e nestes três primeiros meses de 2019.
Hoje a FENAVEGA goza do mais elevado conceito, junto a todos os órgãos ligados aos transportes marítimos e fluviais do Brasil, ainda recentemente na capital federal reuniu representantes de diversos sindicatos, quando importantes assuntos estiveram em pauta. Na foto com o colunista o presidente e vice respectivamente, quando de importante evento ligado ao setor. (Luis Celso – Foto).

TECON do Grupo Santos Brasil aumenta sua movimentação a cada dia

Graças a sua excelente localização, ou seja, no delta do rio Amazonas, uma região de grande capilaridade hidroviária, com proximidade das principais rotas marítimas internacionais, o TECON – Vila do Conde, do Grupo Santos Brasil continua aumentando cada vez mais a sua movimentação, batendo inclusive os seus próprios recordes, como aconteceu em 2018.

Coluna na rota do Ministério da Infraestrutura

Como acontecia no Governo passado. A coluna, a partir de agora, vai chegar nos dias da sua publicação no Gabinete do Ministério da Infraestrutura. Levando as informações do setor, como fazemos com os mais importantes órgãos da Marinha, tanto no Rio de Janeiro, como em Brasília, já que é a única do Brasil que há quase meio século está no “MAR”, nos rios e nos Portos.

Praticagem da Barra merece receber neste ano o Prêmio ANTAQ

A coluna continua batendo na mesma tecla, com relação ao Prêmio ANTAQ – 2019, para a secular Praticagem da Barra, que sem duvida a que mais se destacou em 2018, por uma serie de importantes iniciativas em parceria inclusive com a Marinha, como no caso do Canal do Quiriri e a inauguração da sua nova sede que foi objeto de elogios pelas mais altas patentes da Marinha que visitaram a mesma.

Aumentando o número de navios na rota do rio Amazonas

Uma fonte especial da ZP-01, informou ao colunista, que o movimento de navios na rota do rio Amazonas, vem aumentando a cada dia, cruzando o rumo da capital amazonense através da Barra Norte, que por sinal teve o seu calado aumentado, facilitando a entrada de maiores cargueiros. Aliás, o primeiro marcou 11.8, que por sinal transportava produtos da Cargill para o exterior, no ano passado.

MARESIAS

Oferendas a IEMANJÁ, deverão ser lançadas quando da inauguração da terceira ponte sobre o rio Moju, para que não se repita mais uma vez o que aconteceu recentemente.

PRÁTICOS da Barra do Pará, já estão manobrando com uma certa dificuldade os navios petroleiros que demandam o Terminal Petroquímico de Miramar. Dragagem urgente.

Aliás, no Terminal Petroquímico de Miramar, está faltando AMARRADORES, atrasando com isto as operações de atracação com a palavra o novo presidente da estatal.

Muito parabenizado o armador Raimundo Holanda, pelo extraordinário trabalho desenvolvido a frente da FENAVEGA – Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviarias do Brasil.

Graças também ao SINPESCA, Belém não terá problema com abastecimento de peixes da melhor qualidade durante a Semana Santa, conforme afirma Apoliano Nascimento.

Tem um PRÁTICO da ZP-01, por sinal dos bons, que se revelou também como um grande CANTOR, trata-se do bom caráter José Maria Carvalho Filho, está lançando o segundo CD.

Elogiável sobre todos os aspectos as providencias do nosso jovem Governador Helder Barbalho, com relação ao problema causado pelo acidente que envolveu a ponto no Rio Moju.

Diversas embarcações fluviais de passageiros voltaram a fazer a rota do baixo Tocantins, com escalas em Abaetetuba, Cametá, Vila do Carmo, Mocajuba, Baião e Tucurui.

Na mesa do colunista o ultimo numero da tradicional Revista PORTOS e NAVIOS, com mais de 60 anos editada no Rio de Janeiro, sempre trazendo farto material sobre o setor.

Diversas Capitão-de-Longo Curso, formadas em Belém pelo CIABA, estão no Quadro de Comandantes da Transpetro, empresa de navegação marítima subsidiária da Petrobrás.

Não será nenhuma surpresa para o colunista, se duas jovens e bonitas Oficias de Náutica tentar o Comando dos Grandes Comboios que trafegam na Amazônia.

Diversas empresas ligadas ao setor fluvial estão dando total apoio nas localidades ribeirinhas próximas ao local onde funcionava a ponte sobre o rio Moju. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
8 × 9 =