MARINHA: Comando do 4º Distrito Naval: caminho certo para “Quatro Estrelas”

0
91

O 4º Distrito Naval, sediado em nossa capital, que presta relevantes serviços hoje nos Estados do Pará, Amapá, Maranhão e Piauí, é hoje conhecido como o Caminho Certo para “Quatro Estrelas”. Diversos VICES que exerceram o referido Comando, chegaram a ESQUADRA, entre outros o nosso muito estimado Almirante Alípio Jorge, que aparece na foto com o colunista quando ainda em Belém, hoje exercendo da importante função de Comandante da ESG – Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro.
Aliás, recentemente essa Autoridade da Marinha manteve com o colunista um contato direto, que muito nos honrou. Ele, por sinal, espera passar em Belém o Círio de Nazaré acompanhado de sua distinta esposa Drª. Mara, ambos devotos da Santa Padroeira de Belém.

Dragagem necessária na Bacia de Manobras do porto e em Miramar

As entidades representativas do setor fluvial, marítimo e portuário, bem que poderiam reivindicar, com a maior urgência possível, a dragagem não só da bacia de manobras do porto de Belém, mas também das áreas que envolvem o Terminal Petroquímico de Miramar, um verdadeiro sacrifício para PRÁTICOS manobrarem os navios para atracação.

Na “BEIRA DO CAIS” tudo se sabe do setor portuário

Os comentários ontem na “BEIRA DO CAIS” eram mais voltados para a nossa estatal portuária, que poderá a qualquer momento receber uma visita não muito agradável. Aliás, entre outros assuntos também falava-se numa tal “SINDICÂNCIA” envolvendo uma publicação feita sem o conhecimento do “maioral” da empresa.

Mais navios na rota do rio Amazonas pela Barra Norte

Está aumentando consideravelmente o número de navios graneleiros de grande porte, na rota do rio Amazonas através da Barra Norte, isto graças ao aumento do calado. Neste ano também está prevista a entrada de um maior número de navios de turismo estrangeiros rumo a Manaus. Todos conduzidos pelos PRÁTICOS da ZP-1.

Ainda o acidente sobre a ponte do rio Moju

Muita gente não sabe, mas foi o segundo acidente que envolveu a ponte sobre o rio Moju. A primeira vez, foi provocado por um Comboio fluvial da CNA – Companhia de Navegação da Amazônia, que era a responsável pelo transporte de óleo de palma, hoje essa empresa opera exclusivamente na Amazônia Ocidental.

MARESIAS

Meu profundo agradecimento à gloriosa Marinha do Brasil, pela grande surpresa, que muito nos sensibilizou. No próximo dia 11 de junho, estaremos firme e forte para receber a merecida promoção do Mérito Naval, a mais alta honraria da nossa Armada.

Dizem na “beira do cais” que o novo Diretor Administrativo e financeiro da CDP – Companhia Docas do Pará, ficou em segundo quando da eleição do Representante dos Trabalhadores ao CONSAD. O grande vitorioso foi o combativo Cileno.

De bordo do “Gigante do Mar” NT “Abdias Nascimento” da Transpetro, que navega rumo a CINGAPURA, recebemos significativa mensagem de agradecimento do seu Comandante, nosso muito estimado amigo CLC Ricardo Monteiro, gente da melhor qualidade.

O nosso muito estimado amigo Engenheiro – Empresário Carlos Nascimento, uma reserva moral não só do Pará, mas de todo Brasil, pelo exercício irrepreensível de importantes funções públicas, inclusive em Brasília, é um grande colaborador da nossa Marinha.

Tanto assim que ele, com toda modéstia que lhe é peculiar, já foi homenageado não só pela nossa Marinha, com o Mérito Tamandaré e com o Mérito Naval, bem como pelo glorioso Exército Brasileiro e pela Força Aérea. Ele se fez merecedor.

A nossa FIEPA na atual Diretoria marcou mais um grande tento pelo absoluto sucesso da FIPA, realizado no HANGAR com mais de 60 expositores. Esse Conrado é mesmo pé-quente, juntamente com seus companheiros de Diretoria. Nota 10.

Reparo necessário. A MEGA LOGÍSTICA – Serviços Portuários Ltda., que continua crescendo com a Amazônia, colaborou também financeiramente com a cota extra para ampliação final da sede própria do todo poderoso SINDARPA, grande defensor do setor.

É uma grande satisfação saber que a coluna também bordeja nos dias das suas publicações pela ESG – Escola Superior de Guerra, para leitura do nosso muito querido amigo seu Comandante – Almirante-de-Esquadra Alípio Jorge. Muito bom.

Voluntárias “Cisne Branco” agora sob o Comando da bela Primeira Dama do Comando do 4º Distrito Naval Drª. Adília, esposa do nosso estimado amigo Almirante Newton, realizarão importantes eventos beneficentes antes do final do ano.

Reflutuação do navio boiadeiro “HAIDAR’’, continua só na promessa. A SUPERPESA vencedora da Concorrência, até agora não chegou ao local, já se passaram quase cinco meses, que a referida operação foi anunciada. Muito lamentável. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
5 + 30 =