25/07 (QUINTA-FEIRA) – CATAMARÃ de porte ideal para fazer a rota fluvial diária Belém/Mosqueiro/Belém no transporte de passageiros

0
37

Hoje publicamos a foto de sofisticado catamarã para quem não sabe, esse bi-casco, faz parte de uma serie, que foi construído por um estaleiro de Belém, por encomenda do Governo de São Paulo, para atender a rota Santos/Guarujá/Santos, no transporte de passageiros, oferecendo conforto absoluto para 200 pessoas, realizando viagens rápidas de ida e volta, por sinal muitos elogios já foram consignados aos mesmos.
Com certeza absoluta, pelo menos um deles seria o ideal para fazer a linha fluvial Belém/Mosqueiro/Belém diariamente muito bom para desenvolver inclusive o turismo da Ilha, como já foi feito alguns anos passados. Já que o Prefeito não cumpriu sua promessa de campanha, a esperança agora está voltada para o nosso grande Governador Helder Barbalho. A Ilha vai agradecer.

ABAC propôs a ANTAQ aplicação do marco regulatório Lei 9.432/97

A Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem – ABAC, entidade que já teve uma grande força, apresentou recentemente um importante estudo sobre esse modal que hoje, por sinal, está sendo liderado por empresas de capitais estrangeiros, ao contrário do que determina a Lei 9.432 de 1997.

SEMINÁRIO voltado para a Indústria Naval e Offshore

No próximo mês de agosto, ou seja, no dia 14, acontecerá no Rio de Janeiro, importante SEMINÁRIO, denominado “Cenários da Indústria Naval E Offshore”. O evento reunirá o setor naval e offshore, com certeza o estaleiro paraense Rio Maguari, estará representado, já que no momento lidera no Brasil a construção de embarcações fluviais.

Consórcio TEGRAM – ITAQUI aumenta cada vez mais a sua movimentação

O Consórcio TEGRAM – ITAQUI, voltado para a movimentação de grãos (soja, milho e farelo de soja), em São Luiz do Maranhão, Administrado pela EMAP, nesta fase atual, vem movimentando grandes tonelagens desses produtos. Dotado de equipamentos de ultima geração, prevendo a exportação superior de sete milhões de toneladas de grãos ao ano.

MARESIAS

Infelizmente por motivo familiar, o colunista deixou de atender o convite do amigo Vice-Almirante Roberto Gondim Carneiro da Cunha – Diretor de Portos e Costas – DPC, para participar em Macapá do Seminário, sobre os Aspectos da Navegação em Lama Fluida.

Depois de quase 40 anos, sem faturar alto, com seu maior tempo na ociosidade a cábrea “Rio Branco”, antes do final deste ano estará voltando ao mercado.

O bom SOAMARINO amigo, Professor PHD Dr. Mecenas Gonçalves, acompanhado da sua bela Dora, quase meio século de muito amor, após um bordejo por Fortaleza onde mantém um confortável AP na Praia do Futuro, já retornou a Belém.

Teve uma grande repercussão no setor, a nota publicada com referência a tentativa junto a Autoridade Marítima de uma empresa de navegação para trafegar com seus dois navios de grande porte sem PRÁTICOS no rio Amazonas. Seria um suicídio ao meio ambiente.

Comenta-se no setor portuário nacional , que todas as Companhias Docas, deverão ser privatizadas, uma delas inclusive será estadualizada, mais o nome dela por uma questão de ética e respeito ao nosso informante, só depois eu conto.

O Grupo RODELA, vai reunir no próximo mês de agosto, já com a presença do nosso grande amigo Engenheiro – Empresário Dr. Carlos Nascimento e sua distinta esposa Drª. Ana Luíza, que no momento bordejam pelo exterior. Dr. Santino será o anfitrião.

O nosso muito estimado Almirante Newton, é mesmo PÉ QUENTE, em menos de sete meses, muita coisa boa aconteceu na Jurisdição do 4º Distrito Naval, ele por sinal vem consignando muitos e muitos elogios até de MINISTRA. Muito bom.

O Grupo Norte – Maior Operador Portuário do Estado do Pará, foi objeto de muitos elogios até no exterior, pela maneira prática e segura, dando absoluta proteção ao meio ambiente no embarque de minério por Bacia Metálica. Orgulho para o Pará.

Vem sendo muito elogiado o trabalho do Grupo Atlântica Matapi, na travessia do rio Moju, atendendo através de possantes comboios fluviais o transporte de viaturas pesadas e outros equipamentos, a serviço do Governo do Estado. Nota – 10. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
11 × 7 =