Arbitragem Marítima e Poluição Marítima foram temas de Jornada Jurídica no Tribunal Marítimo

0
51

O Tribunal Marítimo, que tem na presidência o nosso grande amigo Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, cujo trabalho dispensa elogios, em significativa palestra de Jornada Jurídica, em importante evento que aconteceu no Rio de Janeiro, relacionados aos temas Arbitragem Marítima e Poluição Marinha, foi prestigiado por importantes autoridades civis e militares, membros inclusive da Comunidade Marítima, com importantes debates na ocasião.
Também foram presenças destacadas os advogados maritimistas Pedro Calmon Filho e Matusalém Gonçalves Pimenta, que tiveram inclusive excelentes desempenhos, com abordagem a diversos assuntos, inclusive casos de acidentes e fatos da navegação que causam poluição ambiental.
Os debates foram mediados pelos juízes do Tribunal Marítimo Nelson Cavalcante e Silva Filho, especialista em Direito Marítimo. (Uma foto do evento).

Aumento de embarcações em grande escala

O movimento de embarcações nos furos que levam a baia do Marajó, aumentou consideravelmente nos últimos 4 anos. Além dos barcos que transportam passageiros para os 17 municípios do Marajó, que teve um crescimento de 36% de turistas, melhorando assim o ambiente de negócios em toda a ilha, o número de balsas para transporte de grãos já ultrapassa o número de 650 unidades, com a expectativa de ultrapassar, em 2020, a marca de 1300 unidades. É o Arco Norte de vento em popa.

Atlântica Matapi consignou elogios na travessia do Rio Moju

Vem sendo muito elogiado o trabalho da Atlântica Matapi, na travessia do rio Moju, a serviço do Governo do Estado, os horários determinados são cumpridos rigorosamente, satisfazendo todos aqueles que utilizam os serviços da referida empresa, hoje considerada uma das mais atuantes do setor.

Navio Fluvial “Barcarena” permanece na lama em Miramar

Com certeza absoluta, se o Governo do Estado fizesse uma licitação para venda do navio fluvial “Barcarena”, embarcação de passageiros que se encontra encalhado em Miramar, com certeza surgiria interessados no mesmo. Ele é da mesma serie do “Soure” que é operado pela BANAV. Se isto não acontecer, vai virar sucata.

Presidente do Supremo Tribunal Militar visitou Belém

Nosso grande amigo Almirante-de-Esquadra Marcus Vinicius Oliveira dos Santos, esteve bordejando pela capital paraense, ele que é presidente do Supremo Tribunal Militar, veio participar de importante evento promovido pelo Tribunal de Justiça,tendo sido inclusive homenageado por essa corte, com importante Comenda. Ele quando ainda CMG foi Capitão dos Portos do Pará e Amapá, e posteriormente já no Posto de Vice-Almirante foi Comandante do 4º DN dos bons.

MARESIAS

Confirmado. No próximo dia 15 em significativa cerimônia militar no CIAGA no Rio de Janeiro, o Almirante-de-Esquadra Leonardo Puntel, transmite as funções de Diretor Geral de Navegação, que vinha acumulando com o Comando de Operações Navais da Marinha, ao novo titular.

Enquanto isto, no dia 19, no Clube Naval, a Comunidade Militar, em meio a um almoço de longo curso, vai homenagear também no Rio de Janeiro os componentes da Frente Parlamentar, defensora da Marinha Mercante Brasileira. Muito justo.

Nosso amigo Nelson Carlini –PHD em assuntos portuários inclusive, continua afirmando que as mudanças no âmbito da ANTAQ poderão inviabilizar investimentos nos portos e gerar sérios problemas. Isto não é nada bom.

Tudo indica que a anunciada fusão ANTAQ – Agencia Nacional de Transportes Aquaviários e DNIT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, não acontecerá, pelo menos no momento, mas… de qualquer maneira, resta aguardar, porque não foi descartada.

O colunista recebeu convite para participar da homenagem – almoço no Clube Naval no Rio de Janeiro, que será oferecida pela Comunidade Marítima, aos integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da Marinha Mercante Brasileira. Justíssima homenagem.

Pelo menos até o momento não tem nenhum projeto para dragagem na área de MIRAMAR, os navios–petroleiros da Transpetro, mesmo com menos de meia carga, só estão operando diretamente no Terminal graças ao elevado adestramento dos Práticos da Barra.

Hoje a ZP -1 (Rio Amazonas) tem um número tão expressivo de PRÁTICOS, que cada um trabalha apenas 10 dias (com uma folga de 30 dias), mas, com certeza absoluta, a partir do próximo ano o número de navios na rota de Manaus vai aumentar consideravelmente.

Reina grande expectativa nos meios marítimos, tendo em vista a anunciada privatização da PETROBRÁS, com isto a TRANSPETRO, subsidiária do setor marítimo, poderá também seguir o mesmo caminho. Resta somente aguardar os acontecimentos.

Meu velho amigo Dr. Pedro Calmont Filho, uma das maiores expressões do Brasil em Direito Marítimo, foi também grande destaque em importante evento realizado pelo Tribunal Marítimo. Ele, inclusive, quando presidente da Associação Brasileira de Direito Marítimo, concedeu ao colunista o Diploma de Sócio Honorário da entidade. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
28 ⁄ 7 =