BELA SOAMARINA ex-presidente da SOAMAR – Belém sempre presente aos eventos ligados ao setor naval em Belém

0
55

Sem favor nenhum. Hoje com muita satisfação destacamos uma SOAMARINA, sempre presente, que inclusive com o mais absoluto destaque, exerceu por dois mandatos a presidência da SOAMAR – PARÁ, recebendo os mais destacados elogios das Autoridades Navais, inclusive do então na ocasião Comandante da Marinha Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira. Seu nome inclusive continua cotadissimo para futuramente exercer a vice-presidência da SOAMAR – BRASIL em conseqüência a presidência, se assim desejar.
Essa bela soamarina é sempre presença destacada em todos os eventos da Marinha em Belém e até mesmo em outras capitais, aparecendo ao lado do Capitão-de-Mar e Guerra Marcelo Veloso de Paula, Comandante da BNVC quando das comemorações dos 70 anos dessa importante OM – Industrial da nossa Marinha subordinada ao Comando do 4º Distrito Naval. (Foto: Luis Celso).

Conselheiros de Brasília para CDP trazendo mais despesas

É público que o Governo Federal, está buscando meios para diminuir custos nas repartições públicas, mais isto lamentavelmente não está acontecendo com relação alguns Conselheiros da CDP, que estão vindo de Brasília e com isto aumentando despesas do combalido cofre da estatal: Em Belém tem gente muito especial para a função.

PRÁTICO cantor lança um novo CD

Na mesa do colunista o último CD “Amigos e Amores” do PRÁTICO Cantor José Maria de Carvalho Filho, com uma serie de musicas românticas, ele que atua na ZP-1 (Rio Amazonas). Com certeza será sucesso absoluto.

TRANSDOURADA na sua especialidade navega na frente em toda Amazônia

Sem favor nenhum, a TRANSDOURADA empresa de navegação do conceituado Grupo GDIAS, é hoje considerada como a mais atuante da Amazônia, no transporte de derivados de petróleo, cumprindo suas programações dentro dos horários estabelecidos, o que é muito bom para os seus clientes. Essa empresa já conta inclusive com uma série de premiações de órgãos ligados ao setor.

RÁDIO MARINHA-FM prestando um bom serviço para os navegantes

A Rádio Marinha – FM, através da sua Programação diária, vem oferecendo importantes mensagens focadas para a segurança dos navegantes, através de um som cristalino, alertando também os proprietários de pequenas embarcações, o cuidado absoluto para evitar escalpelamentos, não deixando de proteger os eixos das mesmas.

MARESIAS

Hoje, muita gente não sabe, mas a cidade de Soure e Salvaterra no Marajó já contou com o navio fluvial mais luxuoso que já trafegou na Amazônia Oriental, o “Presidente Vargas”, que tinha capacidade para transportar 550 passageiros.

Por ironia do destino, esse navio naufragou no porto de Soure após desembarcar 500 passageiros, até hoje permanece no fundo do rio Paracauary, todas as tentativas de reflutuação não chegaram a bom termo, inclusive técnicos americanos tentaram e não conseguiram.

Se o acidente tivesse ocorrido 20 minutos antes seria uma verdadeira tragédia, porque o mesmo ainda navegava pela baia. O “Presidente Vargas” foi construído em Amsterdam, na Holanda, veio para Belém sem nenhum problema com suas próprias máquinas.

Hoje, graças a HENVIL TRANSPORTES, sem qualquer contestação o Marajó está muito bem servido, mantendo na referida rota o maior Ferry – Boat de Passageiros do Brasil, com capacidade para transportar mais de 1.000 passageiros, com espaço ainda para muitas viaturas.

Hoje os competentes Práticos da Barra, estão atendendo navios cargueiros de até 70 mil toneladas através do Canal do Quiriri, até o porto de Vila do Conde. Com a anunciada dragagem o calado do referido Canal vai aumentar consideravelmente.

Por falar em CALADO, os PRÁTICOS da Barra já estão sentindo uma certa dificuldade para manobrar navios petroleiros para operar no Terminal Petroquímico de Miramar. Uma providência se faz necessária para solucionar o problema: DRAGAGEM.

Se de fato forem cumpridas as promessas, a Zona Franca de Manaus vai disparar no bom sentido, trazendo inclusive benefícios para a navegação fluvial também já que na Amazônia, os rios são as estradas naturais. Resta, portanto, aguardar.

Os únicos Armazéns do porto de Belém, segundo um ex-cedepeano, estão totalmente sucateados, o que é muito lamentável. Culpa de administrações anteriores, que nada fizeram pelos mesmos. Vem a caminho uma reportagem sobre o setor portuário.

O navio fluvial “BARCARENA” que hoje pertence ao Governo do Estado permanece encalhado no barranco de MIRAMAR. Na verdade, não se admite que numa região onde os rios são as estradas naturais, uma embarcação possa virar sucata. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
21 × 25 =