Focalizando a rota do Marajó recebemos a significativa Mensagem do grande expert em Turismo, Pedro Medina

0
43

Meu caro Alyrio

A empresa Henvil de Navegação, conforme você vem destacando em sua prestigiosa página, presta um serviço de primeira qualidade no transporte para o Marajó, contribuindo para o desenvolvimento sócio – econômico da região e ao turismo.
A Henvil transporta dezenas de idosos e pessoas em tratamento de saúde gratuitamente, cumprindo rigorosamente a lei, ainda mais com o hospital Abelardo Santos, em Icoaraci, que vem facilitado a vida de quem necessita de tratamento médico.
A Henvil ainda mantém o terminal hidroviário do Camará onde funciona a Associação de Moradores e Vendedores do Porto, que nada pagam pelos box nem manutenção ou limpeza, tudo por conta da empresa. Por isso a Henvil é tão reconhecida e muito bem avaliada na comunidade.

Na CDP a palavra ECONOMIA dizem no setor que não existe

Pelo que se comenta na “Beira do Cais”,hoje na CDP algumas medidas estão sendo tomadas pelo maioral da empresa, ao contrário das recomendações do Planalto. Na CDP além de diversas contratações, agora mesmo o maioral determinou aumento de horário dos servidores que desempenham funções comissionadas que encerrava ás 14:00 horas, passando para ás 17:00 horas. Aumento de gastos com energia e outras coisas mais. Manda quem pode…

FENAVEGA anunciou reunião em Porto Velho brevemente

Vai ser de extraordinária importância a reunião da FENAVEGA anunciada para ser realizada em Porto Velho, quando estarão em pauta importantes assuntos que diz respeito a navegação fluvial na Amazônia. Os três sindicatos de empresas fluviais estarão com seus representantes presentes. Data a ser confirmada.

CNT lançou estudo sobre a navegação interior

Muito bom. A CNT – Confederação Nacional dos Transportes lançou estudo sobre a navegação interior no Brasil focalizando inclusive o excesso de burocracia e falta de investimentos que estão prejudicando o setor. Isto inclusive aqui no estado do Pará vem acontecendo há bastante tempo,o que é muito lamentável.

MARESIAS

O que é bom, é para ser elogiado. Irrepreensível trabalho vem realizado a frente do Comando do 4º Distrito Naval, pelo vice-almirante Newton de Almeida Costa Neto. Em menos de um ano muita coisa boa já foi realizada na área da sua Jurisdição.

Comentários no setor que tem uma Multinacional interessada nos portos fluviais de Altamira no rio Xingu e no de Itaituba no rio Tapajós com futuro promissor, ambos por sinal pertencem a CDP – Companhia Docas do Pará. Eu volto.

A Cábrea “Rio Branco” que foi adquirida em parceria com as empresas DELIMA e MANOBRASSO, totalmente repaginada com nova pintura inclusive, brevemente estará reiniciando as suas operações, mantendo a capacidade para movimentar 200 toneladas.

Por falar nesse equipamento,o conceituado Grupo REICON, hoje é o responsável pela movimentação fluvial do maior numero de contêineres,oferecendo um serviço de primeira,inclusive para a cidade de Santarém no sistema de comboio integrado.

ANTAQ – Agência Nacional de Transportes Aquaviários, não deveria nem pensar no afretamento de embarcações estrangeiras no exterior, com certeza esse procedimento seria prejudicial aos estaleiros que ainda sobrevivem principalmente na Amazônia.

O gentleman Mario Povia , diretor – geral da ANTAQ, deveria antes dar um bordejo pela Amazônia para constatar com seus próprios olhos, o numero de embarcações fluviais que se encontram sem operar por falta de cargas. A cabotagem colocou para escanteio.

A veterana servidora da CDP, de elevada competência Srª. Suely Wanzeller Couto da Rocha, que exercia as funções de Gerente Administrativa da estatal, depois de muitos anos, sem mais nem menos foi dispensada. Com certeza mais uma ação na Justiça.

A FENAVEGA,com a sua grande força, está defendendo junto aos órgãos competentes as Hidrovias, isto é muito bom. Aqui no Pará o funcionamento de duas, ou seja, do Guamá e do Tocantins, até agora continua só na promessa de políticos. Triste.

Voltamos a repetir, aquele DITO POPULAR a “Formiga quando quer se perder cria asas”. Dizem inclusive que novas admissões continuam sendo feitas na estatal portuária,totalmente ao contrário da politica imposta pelo Presidente Bolsonaro. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
8 + 24 =