DESTAQUE MERECIDO – Grande trabalho realizado a frente do CONAPRA – Conselho Nacional de Praticagem

0
36

O CONAPRA – Conselho Nacional de Praticagem, com sede no Rio de Janeiro, é sem duvida alguma o grande sustentáculo da Praticagem no Brasil. O trabalho do presidente Comandante/Prático Gustavo Martins, a frente dessa entidade foi muito bom, defendendo a categoria da melhor maneira possível, conhecendo todos os problemas ligados ao setor, ele que também é Oficial Superior da Reserva da Marinha, com importantes cursos de especialização até no exterior, um verdadeiro PHD no assunto. Ele que aparece na foto com o colunista, tendo em suas mãos a “Tribuna Marítima”, estará assumindo em Brasília, a presidência da Federação Nacional dos Práticos do Brasil, onde com certeza vai realizar um grande trabalho. (Foto: Luis Celso).

Novo Comandante do CIABA já se encontra em Belém

Já se encontra em Belém o novo Comandante do CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, CMG Josué, que, em data que será confirmada amanhã pela coluna, substituirá o Comandante Marcelo Baptista Santos, que será movimentado para o Rio de Janeiro, depois de ter realizado um excelente trabalho a frente da nossa Universidade do Mar, deixando muitos amigos em Belém.

MPT determinou a CDP suspender a terceirização das Balanças Rodoviárias de PVC

Pelo que se observa o negocio não está nada bom para as bandas do PVC – Porto de Vila do Conde. O MPT determinou à CDP suspender a terceirização das balanças rodoviárias. Novo Edital de remoção será feito. Dizem na beira do cais que essa não é a solução. Deve vir chumbo grosso a caminho. Eu volto.

Vem a caminho novos leilões de portos e áreas portuárias

Dentro em breve o Governo Federal poderá anunciar uma nova lista de privatizações envolvendo portos e áreas portuárias, inclusive no Pará, não ficando de fora o Terminal SOTAVE, localizado em Outeiro, que por incrível que pareça até hoje não teve interessado no mesmo, mesmo oferecendo calado para navios de até 70 mil toneladas.

MARESIAS

Se não ocorrer acidente de percurso, minha prezada amiga Drª. Tânia Coutinho, uma das herdeiras da SOTAVE, poderá receber uma grana altíssima. Depois eu volto.

Anotem para confirmar. Não vai demorar muito tempo para chegar mais uma “ESTRELA” no 4º Distrito Naval. Acreditem se quiserem, mas… de qualquer maneira, anotem.

Foi irrepreensível o trabalho da HENVIL Transportes, durante o feriadão para o Marajó. Seus horários foram cumpridos com a mais absoluta regularidade, tanto na ida como na volta.

A MEGA LOGÍSTICA empresa genuinamente paraense, tem gente especializada em projetos portuários, manobralidade e operações marítimas, permanentemente com quem entende do assunto.

Atlântica Matapi, mais uma vez vai se fazer presente no “Intermodal South American” na capital paulista, com um movimentado stand.

Em todo norte e nordeste até hoje só aconteceu uma JUMBORIZAÇÃO, foi no estaleiro da ENASA, quando diretor o engenheiro – naval PHD Vitório Egashira.

Mudança dos tempos. Em Belém chegou a funcionar mais de 50 empresas de navegação fluvial de cargas e passageiros, algumas delas com mais de 100 embarcações.

As maiores eram a ENASA – Empresa de Navegação da Amazônia S/A, estatal do Governo Federal e a JONASA – Joaquim Fonseca S/A, do saudoso amigo Chico Fonseca.

Muita gente não sabia que nos bons tempos dos SNAPP – Serviços de Navegação da Amazônia e de Administração do Porto Pará, o presidente e diretores eram oficiais da ativa da Marinha.

INCRÍVEL. O porto de Porto Velho na capital de Rondônia, a mais de 2.000 milhas de distância de Belém, foi administrado por um bom tempo pela CDP. Pode?

Enquanto isto, o de Manaus, pela CODOMAR – Companhia Docas do Maranhão. Até parece brincadeira, mas… foi verdade. Isto nos tempos da Portobrás. Acreditem…(AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
23 + 3 =