Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho

0
39

O Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, que foi Comandante do 4º Distrito Naval, onde realizou um grande trabalho, hoje na Reserva, exercendo em Brasília as funções de Diretor da APEX, na foto com amigos de Belém, Apoliano Nascimento SINPESCA, Miguel Salgado, da Barra do Pará, Marcelo Salgado da Pará River e o Pastor Sozinho, quando da sua recente visita a Belém a serviço da APEX.

RECONHECIMENTO – Relevantes serviços prestados ao Estado quando Secretário de Portos

O paraense Dr. Luis Otávio de Oliveira Campos tem relevantes serviços prestados ao nosso Estado, inclusive no exercício da função de Secretário Nacional de Portos. Graças a ele, hoje o Comando do 4º Distrito Naval conta com um terreno especial destinado a construção da nova sede da Capitania dos Portos em Miramar, com vazão para a Guajará, que pertencia a CDP.
Como se sabe, ele foi presidente do SINDARPA, bem como da nossa SOAMAR, sendo inclusive portador das Medalhas Amigo da Marinha, Mérito Tamandaré e do Mérito Naval, além de outras do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, gozando sem dúvida alguma de extraordinário conceito no setor nacionalmente.

Catamarãs da ENASA traziam de Monte Alegre grandes partidas de bananas

Existem comentários, que a grande parte de bananas, comercializadas nas Feiras e Supermercados de Belém, procedem do estado de Pernambuco. É oportuno voltar a informar que nos bons tempos da ENASA – Empresa de Navegação da Amazônia S/A, os catamarãs ao retornarem de Manaus, escalavam na cidade de Monte Alegre, para receber grandes partidas de bananas para Belém, hoje isto não acontece mais.

Terminal Fluvial do Grupo Bannach totalmente repaginado

Uma repaginação muito especial aconteceu no Terminal Fluvial do Grupo Bannach, que também fica localizado, no litoral da Avenida Bernardo Sayão, tudo funcionando dentro das normas recomendadas pela ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, ou seja, em plenas condições para o embarque e desembarque de viaturas e passageiros, oferecendo conforto e absoluta segurança. Muito bom.

SULNORTE vai ampliar sua frota de Rebocadores com mais dez unidades

A Sulnorte empresa do Grupo H. Dantas e a segunda mais antiga do Brasil, que teve seu Projeto aprovado pelo CDFMM, vai ampliar a sua frota de rebocadores, com mais de 10 unidades, que serão construídas em Belém pelo mega estaleiro Rio Maguari. A expectativa é que o primeiro rebocador seja entregue até abril de 2021 e o Projeto seja totalmente finalizado em quatro anos.

MARESIAS

O Governo Federal através da BR do MAR, espera ampliar a frota brasileira de cabotagem, mais isto se de fato acontecer não será em curto prazo. Muita água ainda vai rolar.

Aliás, hoje a navegação de cabotagem brasileira, está em grande parte tomada por empresas de capitais estrangeiros, com destaque a Aliança e a Mercosul Lines.

Fonte de crédito, afirmando para a coluna, que o navio fluvial “Barcarena” que pertenceu à frota da ENASA, não está mais em condições de voltar ao trafego, permanece na lama de Miramar.

Nossa leitora especial Srª. Wilma Rebelo, genitora do saudoso amigo Luiz Rebelo Neto, sempre bem informada do setor, ela que é a eterna Primeira Dama da nossa REICON.

A bela executiva administrativa e financeira da secular Praticagem da Barra Lucília Camarão, depois de mais um curso de especialização, voltou ao batente no inicio da semana.

Por lembrar a Praticagem da Barra, o seu eterno Comodoro Miguel Salgado, em linha direta com o colunista, não poupou elogios a festa de posse do PHD Breno Dias, na presidência do SINDARPA.

O gentleman José Rebelo III, presidente do Grupo REICON e vice – presidente da FENAVEGA tornou-se uma das grandes expressões do setor aquaviário nacionalmente. Orgulho para a Amazônia.

Sem favor nenhum, os catamarãs que hoje operam na travessia Santos/Guarujá, são considerados os melhores que hoje operam no Brasil, construídos em Belém para o Governo de São Paulo.

Acidentes fluviais que ocorrem na Amazônia, envolvendo embarcações de passageiros na sua maioria acontecem por culpa do próprio comandante da embarcação que não cumpre as recomendações da Autoridade competente.

Elogiável trabalho vem realizando o paraense Capitão-de-Mar e Guerra Manoel Pinho, a frente da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, com elogios do próprio Comandante do 4º DN, vice-almirante Newton de Almeida Costa Neto.

A COMARA, que é o Braço Fluvial da ALA – 09 e que opera cerca de 20 comboios Fluviais, tem agora como presidente o Coronel Aviador Leonardo Chaves Rodrigues.

O CONVICON – Terminal de Contêineres em Vila do Conde foi uma iniciativa da TRANSNAV, empresa que tinha a frente o nosso grande amigo Paulo Roberto Brandão, que passou em frente depois de alguns anos. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
9 − 2 =