Amigo do colunista vai exercer as funções de Ministro do Supremo Tribunal Militar em Brasília

0
60

O nosso amigo Almirante-de-Esquadra Leonardo Puntel, está também deixando o Comando de Operações Navais da Marinha do Brasil, já que merecidamente foi designado para exercer em Brasília a importante função de Ministro do Supremo Tribunal Militar, ele que aparece na foto com o colunista, quando de sua recente visita a capital paraense.
O relacionamento cordial com essa Autoridade da Marinha vem desde quando ele era ainda Capitão-de-Mar e Guerra, desempenhando o Comando do Veleiro “Cisne Branco”, numa de suas escalas no cais do porto de Belém. Ele, inclusive, tem um apreço muito especial pela nossa capital. (Foto: Luis Celso).

O PORTUS continua “Fazendo Água”, infelizmente

A Federação Nacional dos Portuários, apoiada pelos Sindicatos, continua batalhando em Brasília para salvar o PORTUS – Instituto de Seguridade dos Portuários, que está prestes a naufragar, dependendo de uma injeção financeira prometida pelo Governo Federal. Em Belém um bom número de portuários (CDP) contribui para o mesmo, tendo também aposentados e pensionistas que dependem do mesmo.

Especial trabalho da CNT em defesa do setor fluvial

Elogiável trabalho da CNT – Confederação Nacional de Transportes, em defesa da navegação interior (fluvial), inclusive lamenta muito que o Brasil, conforme informamos anteriormente, desperdice o seu grande potencial hidroviário, utilizando cerca de 20 mil km, ou seja, aproximadamente 30% da malha. Triste.

Estaleiro Rio Maguari continua na frente

O mega estaleiro Rio Maguari, cujo selo é destaque também internacional, já está em preparativos para dar início a construção de uma serie de rebocadores, destinados a uma operadora marítima e fluvial que ancorou em Santarém. As modernas embarcações serão financiadas com recursos do Fundo de Marinha Mercante.

MARESIA

O novo Comandante do 4º Distrito Naval, vice-almirante Valter Citavicius Filho, não é nenhum estranho. Ele vinha servindo em Brasília no Ministério da Defesa.

Mais uma vez o PHD professor Mecenas Gonçalves, foi convidado para exercer uma importante função pública mas, como da primeira vez, agradeceu. Prefere continuar no seu Escritório.

Todas as empresas de Praticagem do Brasil já tomaram as providências antecipadas recomendadas pela ANVISA, inclusive aqui na Amazônia. “Seguro morreu de velho”.

O renomado Advogado Pedro Calmon Filho, quando presidente da Associação Brasileira de Direito Marítimo, foi quem assinou o Diploma de Sócio Benemérito da entidade destinado a este colunista.

O atual Secretário de Turismo do Governo do Estado, bem que poderia defender junto ao nosso Governador Helder Barbalho, uma linha fluvial Belém/Mosqueiro/Belém.

O número de mulheres na Marinha Mercante Brasileira cresce a cada ano, inclusive com diversas delas já no Comando tanto nos navios de cabotagem como de longo curso.

Sem favor nenhum, o nosso amigo Kleber Menezes, é um verdadeiro PHD em assuntos portuários. Ele foi por cerca de 13 anos Diretor de Operações Portuárias da CDP.

O saudoso armador amazonense Waldemiro Lustoza é quem tinha razão: “Os ingratos têm pelo menos uma qualidade, depois de servidos… eles desaparecem”.

Nos bons tempos da CDP-Companhia Docas do Pará, a estatal tinha sempre de prontidão no cais do porto uma Lancha-Executiva, veloz, para atender viagens a Vila do Conde.

Até a última sexta-feira, o PORTUS-Instituto de Seguridade dos Portuários continuava na mesma situação. Nenhum centavo, foi aplicado pelo Governo Federal. Triste.

Excelente trabalho da Camila Navegação, empresa responsável pela Travessia Carapajó/Cametá/Carapajó. Durante a semana foi movimentado um grande número de passageiros.

Nosso amigo empresário-engenheiro Carlos Nascimento, estará também prestigiando a cerimônia de posse do seu amigo CMG Jaques, no Comando da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
11 ⁄ 11 =