Destaque muito especial o trabalho dinâmico do atual Presidente do Tribunal Marítimo

0
41

Hoje o destaque da coluna vai para o Presidente do Tribunal Marítimo, Almirante Lima Filho, que aparece na foto com o colunista, quando da sua ultima visita a nossa capital, pelo extraordinário trabalho que vem desenvolvendo a frente dessa Corte, com agilização inclusive de processo, que antes rolavam por muitos anos para o resultado final.
Como se sabe, o Almirante Lima Filho, antes de assumir o Tribunal Marítimo foi Diretor de Portos e Costas – DPC, de onde levou também uma grande bagagem de conhecimentos do setor, mantendo nessa importante função o melhor relacionamento possível, com as mais importantes entidades, participando ativamente de todos os encontros ligados aos transportes fluviais e marítimos. (Foto: Luis Celso).

Um alerta necessário

Importantes Autoridades ligadas ao setor entendem que o aumento de PRÁTICOS não reduz o preço do serviço oferecido pelas empresas de Praticagem. Qualquer aumento, através de um novo Concurso só viria gerar grande problema, isto porque o PRÁTICO tem que realizar um número mínimo de manobras para poder manter a sua qualificação. Certíssimo, mesmo porque todas as ZPs do Brasil estão com seus efetivos além do necessário.

MELHOR CONSCIENTIZAÇÃO dos responsáveis pelo Tráfego Fluvial de Passageiros

Certíssimo, o Comandante da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR, CMG Manoel Pinho, o que está faltando é conscientização daqueles que comandam os navios fluviais de passageiros na região, evitando excessos, muito especialmente aquelas embarcações que fazem diversas escalas no trecho operado, tanto assim que essa OM da nossa Marinha sempre recomendou que “a segurança é obrigação de todos”. Para o colunista, que bordeja no setor há quase meio seculo, o ideal aqui em Belém seria a construção de pelo menos mais três Terminais, objetivando uma melhor fiscalização.

RUMOS PRÁTICOS na mesa do colunista na sua ultima edição

Na mesa do colunista o último número da muito bem editada Revista “Rumos PRÁTICOS”, do CONAPRA – Conselho Nacional de Praticagem, trazendo material especializado das atividades dessa importante entidade sediada no Rio de Janeiro, que, por sinal, tem hoje na presidência um PRÁTICO da ZP-1 (Rio Amazonas) Ricardo Augusto Leite Falcão, de grande conceito, inclusive internacional.

MARESIAS

Com a aprovação do novo Regulamento que envolve o PORTUS – Instituto de Seguridade dos Portuários, foi suspenso o PECÚLIO por morte, causando grande insatisfação aos participantes do mesmo. Será que pode?

O eterno Comodoro da secular Praticagem da Barra Miguel Salgado, que foi colega do saudoso armador Luis Rebelo no Colégio do Carmo, não poupou elogios à fina educação do jovem José Rebelo III.

Hoje o nosso abraço vai para o gentleman armador João Dias, grande Comandante do Grupo GDIAS, leitor da coluna e conhecedor profundo da região do Xingu, onde nasceu a Transdourada.

O navio acidentado “Anna Karoline lll, que resultou um grande número de vítimas, era do tipo convencional “gaiola” como eram conhecidos na região. Uma embarcação antiga, para cargas e passageiros, apenas “maquiada”.

O bom caráter empresario José Conrado, pela extraordinária colaboração que vem dedicando a Marinha do Brasil, na qualidade de presidente da FIEPA, se faz merecedor de uma especial honraria.

Os dois sindicatos que reúnem servidores da CDP (Sindiporto) e (Sindiguapor), precisam unir suas forças em defesa dos interesses da empresa, inclusive uma atenção melhor para Vila do Conde.

Maranhão também será a próxima rota da MEGA LOGÍSTICA, empresa voltada para Logística e Operações Portuárias, que conta com uma equipe da mais alta qualificação hoje destaque no setor. O Marcão continua impossível.

GRATIDÃO: Nem todos tem esse predicado, mas… o jovem presidente eleito para dirigir o SINDARPA, outro senão o nosso grande amigo armador e empresario Dr. Breno Dias, em atencioso telefonema agradeceu as notas publicadas.

Já estão sendo anunciadas diversas homenagens que serão prestadas ao nosso grande amigo de muitos anos, Almirante Newton, que no próximo dia 07 de abril estará deixando o Comando do 4º Distrito Naval, consciente do dever cumprido.

No Pará, hoje se destacam cinco SINDICATOS, direto e indiretos ligados as águas, ou seja, o SINDARPA, SINCONAPA, SINDOPAR, SINDAMPA e o SINPESCA. Todos eles muito bem dirigidos, contribuindo para o desenvolvimento do País. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
5 + 26 =