Capital da Navegação aconteceu em Barra Bonita –SP evento que foi muito prestigiado pelos armadores do Brasil

0
45

Dessa vez, a Capital da Navegação foi em Barra Bonita – SP, com apoio da CNT, FENAVEGA e os Sindicatos dos Armadores do Brasil, o evento teve como tema a Trafegabilidade da Hidrovia Tietê – Paraná.
O evento teve como convidado de honra o Vice-Presidente da CNT e Presidente da FENAVEGA, Raimundo Holanda, Breno Dias (Presidente do Sindarpa), José Rebelo III (Diretor da CNT e vice-presidente da Fenavega) e Dário Pantoja (Diretor da CNT e FENAVEGA). Amazônia muito bem representada.
Próximos eventos da Capital da Navegação serão no Rio de Janeiro, Manaus, Belém e Porto Alegre.
Na foto um grupo de participantes do importante acontecimento.

RETIFICAÇÃO

Contrato para derrocagem do Pedral do Lourenço

Com relação à nota publicada na última terça-feira sobre o PEDRAL DO LOURENÇO, a coluna sempre ao lado da verdade, retifica sem nenhum constrangimento, depois de um contato direto com o engenheiro Kleber Menezes, que mantém estreita ligação profissional com o presidente da DTA, engenheiro João Acácio de Oliveira Neto. Em absoluto, o contrato não foi cancelado, o processo continua em andamento, aguardando apenas o licenciamento ambiental, que será enviado pelo DTA, com possibilidades de dar seguimento à operação antes do final deste ano. Sobre o assunto a coluna voltará oportunamente.

Dispensa da vistoria presencial para nacionalização de cargas em portos

Uma importante novidade no setor também. A seguradora Tókio Marine vem disponibilizando uma modalidade ON LINE para a nacionalização de cargas em portos, aeroportos e Terminais Alfandegados do Seguro Transporte Internacional, esse processo é feito através de Whatsapp, pelo atendimento da Marina, assistente virtual da Tókio Marine.

Menor atividade na navegação reduz vagas para mercantes

Cada vez mais difícil para os Praticantes-Alunos saídos tanto do CIAGA – RJ como do CIABA – PA, encontrarem de imediato, vagas para obterem a Certificação, muitos que conseguem concluir o processo encontram o mercado de trabalho sem vagas também, tanto para a categoria de Náutica, como de Máquinas. Em função desse problema os dois Centros diminuíram consideravelmente o número de vagas. No último Concurso o CIABA ofereceu apenas 80 vagas.

MARESIAS

Constava neste final de semana, que foi concedido aumento de salário para a Diretoria da CDP, Conselho de Administração e Conselho Fiscal. O restante ficou a “ver navios”. Depois eu volto com melhores detalhes sobre o assunto.

Ainda na esteira da CDP: A Licitação para aluguel da área do porto de Vila do Conde, utilizada anteriormente pela empresa IARA, até o momento, segundo informações chegadas a coluna, não foi conhecido o resultado da mesma.

O Grupo Camila, que hoje está atuando em diversos segmentos ligados ao setor, goza de extraordinário conceito nos municípios de Cametá e Santarém, pela seriedade dos seus serviços. Aliás, esse Grupo já contabiliza uma serie de premiações.

O colunista tem certeza que o nosso grande amigo Almirante Newton de Almeida da Costa Neto, não vai ficar no PIJAMA, depois de muitos anos servindo a Marinha do Brasil, ainda com muita força e vigor para enfrentar a vida civil.

O jovem presidente do SINDARPA, armador e empresário Dr. Breno Dias, que chegou a frente dessa importante entidade imbuído dos melhores propósitos e vem sempre prestigiando os grandes eventos voltados para o setor aquaviário, como fez recentemente em Brasília.

Nosso estimado amigo Almirante-de-Esquadra Leonardo Puntel, estará no início deste mês de abril, assumindo a importante função de Ministro do Supremo Tribunal Militar, passando as funções de Comandante de Operações Navais para outro amigo, Almirante Alípio Jorge.

O Terminal SOTAVE, localizado na Ilha do Outeiro, próximo a Icoaraci, continua sendo um “elefante branco” para CDP e, com certeza, não será fácil passar em frente, considerando que as operações através do mesmo só poderão ser feitas no sistema “Shipp (TO) Shipp.

Nos bons tempos da nossa CDP-Companhia Docas do Pará, o porto contava até com um MARÉGRAFO, uma moderna Lancha Executiva veloz para viagens da Diretoria da empresa ao porto de Vila do Conde e uma Guarda Portuária que era referência nacional. Só lembranças.

O Seminário sobre Hidrografia, promovido pelo CONAPRA – Conselho Nacional de Praticagem, já está dando bons frutos, esse segmento que é de extraordinária importância para segurança da navegação e que antes era pouco divulgado. O colunista, como HIDRÓGRAFO HONORÁRIO, dentro do possível, vem colaborando. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
27 − 1 =