Praticagem da Barra do Pará realiza manobra em navio com suspeita de coronavirus.

0
74

No dia 30/03, a Praticagem da Barra do Pará atracou o navio FALCON MARYAN, de bandeira Panamenha, no Porto de Vila do Conde, em Barcarena-PA, para ser vistoriado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), pois havia a suspeita de dois tripulantes com sintomas do coronavírus, reportada pelo navio.
No dia 01 de abril, ainda sem os resultado dos exames realizados nos tripulantes, a Praticagem da Barra do Pará realizou a desatracação e o fundeio do Navio FALCON MARYAN, em frente à Praia de Vila do Conde, para cumprir o período de quarentena enquanto aguarda os resultados dos exames dos tripulantes e a liberação pela ANVISA.
Os terminais e portos de Belém e Vila do Conde, no Pará, recebem regularmente navios de várias nacionalidades que são atendidos pelos práticos da Zona de Praticagem 03 (ZP-03).
Os Práticos são os primeiros a embarcarem em navios oriundos do exterior, antes mesmo de qualquer inspeção sanitária que possa garantir condições seguras de trabalho.
A Barra do Pará está adotando todos os protocolos e as recomendações de segurança e saúde, tanto da ANVISA quanto do Ministério da Saúde, para evitar o contágio do coronavírus. Todos os práticos e colaboradores da entidade foram orientados e capacitados para o uso correto dos equipamentos individuais de segurança que incluem luvas, máscaras e roupas próprias. A cada manobra realizada, as lanchas da empresa passam por total higienização interna e externa.
A preocupação da Barra do Pará com a saúde e segurança dos práticos, colaboradores, suas famílias, tripulantes dos navios atendidos e a comunidade local, está em alerta e atuante.

Por Portal da Navegação.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
23 × 19 =