Veleiro “Cisne Branco” numa bela noite no cais do porto de Belém – Recepção a bordo “cinco estrelas”

0
39

Nenhuma programação, pelo menos até o momento, foi fornecida com relação a uma próxima visita a Belém do Navio-Veleiro “Cisne Branco” da nossa gloriosa Marinha do Brasil. Na sua última escala, o cais do porto da nossa capital era uma verdadeira festa, o que, aliás, sempre acontece, assim como aquela recepção “Cinco Estrelas”, com o comparecimento de autoridades civis e militares e outros ilustres convidados. Na foto ele aparece numa bela noite.
O Veleiro “Cisne Branco” faz este colunista recordar o primeiro encontro, que tornou-se uma grande amizade, com o seu Comandante, na ocasião, Capitão-de-Mar-e-Guerra Leonardo Pontel, hoje Almirante-de-Esquadra – Ministro do Supremo Tribunal Militar. É muito bom recordar os bons momentos vividos. (Foto: Luis Celso).

PRATICAGEM tanto de porto como de singradura é coisa muito séria

O atual presidente do CONAPRA-Conselho Nacional de Praticagem, Ricardo Falcão, por sinal PRÁTICO da ZP-1 (Rio Amazonas), tem como um dos grandes objetivos, durante o seu mandato, divulgar cada vez mais para a sociedade a grande importância da praticagem. Aliás, isto, ao longo dos anos vem sendo feito através do colunista, com dados positivos e absoluto conhecimento, já que por cerca de 20 anos navegou ao lado desses profissionais, assistindo o trabalho muito responsável e penoso, inclusive. No exterior, os práticos, pela extraordinária responsabilidade ao conduzir e manobrar com segurança os navios, são conhecidos como verdadeiros “ANJOS DA GUARDA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO E PRIVADO”.

Lamentável: a Hidrovia do Tocantins continua na conversa…

Comentários fortíssimos no setor, de que o funcionamento da Hidrovia do Tocantins, que proporcionaria um extraordinário desenvolvimento para região Tocantins/Araguaia, com escoamento via fluvial dos mais variados produtos para exportação através do porto de Vila do Conde, tão cedo não acontecerá.
Dizem, inclusive, que tem gente no circuito brecando a derrocagem do Pedral do Lourenço, dragagem e sinalização. Mesmo com o frete muito mais econômico que o rodoviário e o ferroviário, não está existindo este reconhecimento. Na verdade, aí tem…

Navios de cabotagem estrangeiros para operar na Costa Brasileira

É lamentável, mas continua de pé a intenção do Governo (BR do Mar) em ampliar o número de navios estrangeiros de cabotagem no transporte de carga através da Costa Brasileira até Manaus, com diversas escalas. No momento só está atingindo pouco mais de 10%.
Tudo muito bem, mas se isto acontecer, o Governo deveria impor nos referidos navios a tripulação de mercantes brasileiros, considerando o desemprego no setor ser muito grande, agravado com a migração de marítimos de outros países como Peru, Filipinas e outros mais…

MARESIAS

Segundo o importante Artigo do presidente do SINPESCA, empresário Apoliano Oliveira do Nascimento, a pesca paraense patina entre o caótico e o incerto. Isto é muito lamentável.

Pelo menos trintas iates de luxo chegaram a ser exportados pelo estaleiro cearense INACE para países da Europa e dos Estados Unidos, todos através da Boate Show de Miami.

Daquelas Lanches Escolares, consideradas de primeira linha, destinadas a diversos municípios do nosso Estado pela BNVC, segundo consta, a maioria delas já está depenada…

Constava na beira do cais que o novo Diretor de Gestão Financeira da CDP estaria fazendo uma série de modificações. Um direito, sem dúvida, que lhe assiste. Nada contra.

Neste próximo mês de agosto deverão acontecer dois importantes leilões na área portuária do sudeste e, até o final deste ano, outros inclusive no Pará.

Comenta-se que já existe um movimento para a realização em breve da dragagem da bacia de manobras do porto de Belém e da área que envolve o Terminal de Miramar.

Um trabalho muito dinâmico vem desenvolvendo à frente do SINDARPA o jovem presidente armador e empresário dr. Breno Dias, buscando sempre o melhor para os associados.

A navegação de cabotagem, hoje no Brasil está sendo operada na maioria por embarcações que pertencem ao capital estrangeiro. Enquanto no longo curso a TRANSPETRO lidera.

O empresário Antônio Faria recebeu uma série de telefonemas parabenizando por mais uma PREMIAÇÃO NACIONAL, que acontecerá no próximo mês de dezembro.

O jovem armador e empresário dr. José Ribeiro III, presidente do Grupo REICON, goza de elevado conceito na área naval, hoje destacado nacionalmente, inclusive como vice da FENAVEGA.

Muita gente não sabe, mas em Manaus tem embarcação construída de madeira, muito bem acabada, para o transporte de passageiros, que chegou a ser classificada pela RBNA.

MARINA parece ser um bom negócio financeiro em Belém, já que futuramente uma outra passará a funcionar no litoral da Avenida Bernardo Sayão, com restaurante e tudo mais. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
24 + 1 =