O navio “BBC Colorado” que foi atendido pelo Grupo Matapi talvez tenha sido um dos últimos a utilizar o porto em Belém

0
27

Com certeza o navio que aparece na foto, “BBC COLORADO”, deverá ser um dos últimos que operou no posto de Belém, tendo em vista a recente cessão dos armazéns ao Governo do Estado, envolvendo o trecho do 4 ao 8, que vai dar lugar a um grande Parque Turístico, com janela para Baía do Guajará. Nada contra, mas um Terminal de Turismo Marítimo também seria o ideal para receber os navios de turismo estrangeiros, que na sua grande maioria deixam de escalar em Belém por falta de um local especial, os poucos que passam, ficam ao largo de Icoaraci.
Essa foto, cujo navio foi operado pelo Grupo MATAPI, vai ficar na história de um porto de Belém que num só dia chegou a receber 8 navios de cabotagem e longo curso. De qualquer maneira, ficou como recordação os armazéns 11 e 12, só não sabemos até quando… (Foto: Luiz Celso).

Porque aconteceu a criação de mais uma Zona de Praticagem no rio Amazonas

Muita gente não sabe, mas a criação de mais uma Zona de Praticagem no rio Amazonas foi em função de um desentendimento, há alguns anos passados, da Capitania dos Portos, através do seu titular, com o presidente da então APBAM – Associação de Praticagem da Bacia Amazônica, que conseguiu junto a autoridade maior diminuir o raio de ação da APBAM, que era até Manaus, ficando apenas até a cidade de Itacoatiara.
Os serviços de Praticagem da Bacia Amazônica, tiveram a sua especial organização graças a atenção muito especial do CMG José Maria Fonseca, que sempre manteve um relacionamento muito cordial com os Práticos do rio Amazonas, quando Capitão dos Portos.

Segundo boatos constantes a CDP está a caminho da estadualização

Os boatos na “beira do cais” estão correndo solto, CDP-Companhia Docas do Pará estaria sendo preparada para, num futuro não muito distante, ser estadualizada. Sua administração passaria a ser feita pela CPH-Companhia de Portos e Hidrovias, isto aliás vem se repetindo, conforme já publicamos anteriormente, ou seja, quando da diretoria anterior da empresa.
Poucos sabem, mas a criação da CPH-Companhia de Portos e Hidrovias, se deu há alguns anos passados, com essa finalidade, mas, na última hora, deixou de acontecer em função da mudança na Presidência da República. Os leitores podem observar que até o logotipo da CPH tem as mesmas características da CDP. Voltaremos ao assunto com melhores detalhes.

Ainda o luxuoso Terminal de Turismo Marítimo de Fortaleza-CE

Autorizado pelo TCU-Tribunal de Contas da União o leilão do Terminal Marítimo de Passageiros em Fortaleza, última providência antes da publicação do Edital de Concorrência. Tudo indica que até o momento nada aconteceu com relação ao Leilão do mesmo.
O referido Terminal foi inaugurado em 2014, cujo investimento na ocasião atingiu R$ 240 milhões, sendo considerado como o melhor do Brasil no seu gênero, já tendo consignado muitos elogios inclusive no exterior, nas diversas temporadas, com a escala dos mais luxuosos navios de turismo do mundo, movimentou um número muito expressivo de turistas de diversos países.

MARESIAS

O ambiente no setor portuário de Belém não está nada cordial. Se os “bombeiros” não entrarem no circuito, o pior ainda pode acontecer a qualquer momento.

Os 54 anos da CDP-Companhia Docas do Pará, em vez de ser festejado, aconteceu ao contrário. Muita contrariedade de grande parte dos servidores da estatal.

Muitos elogios estão sendo consignados para o Grupo Paes Carvalho, tudo pela seriedade com que vem agindo em todos os aspectos. Nota 10 para Eduardo Carvalho.

A empresa MEGA LOGÍSTICA, a caçula do setor de operações portuárias e marítimas, pelo seu trabalho muito especial, tomou um impulso muito grande na região.

Mesmo com o problema que ocorre causado pela Covid-19, o trabalho da Praticagem da Barra continua irrepreensível, com elogios das autoridades Navais.

É um absurdo a permanência do navio “HAIDAR”, naufragado no porto de Vila do Conde há mais de 4 anos. Uma irresponsabilidade do próprio Governo Federal.

Aquela concorrência vencida pelo Grupo SUPERPESA já deveria ter sido cancelada, já que o mesmo não teve nenhum interesse em reflutuar a referida embarcação.

O município de Tucuruí no médio Tocantins, conta agora com uma Unidade de Saúde Fluvial. Vai atender as comunidades ribeirinhas com serviço médico/odontológico.

Muita gente não sabe, mas no Pará estão sendo construídos os melhores catamarãs de passageiros, objeto de elogios da imprensa de Santos-SP. Muito bom.

Hoje o abraço do colunista vai para um grande amigo, empresário dr. Carlos Cabral Rebelo, que tem hoje residência na capital paulista. Gente da melhor qualidade.

O colunista tem recebido muitos elogios da Rádio Marinha-FM, que mantém uma especial programação, com orientação para os navegantes, inclusive. Nota 10.

Pelo que se observa, o Programa BR do MAR, instituído pelo Governo Federal, voltado para a navegação de cabotagem, com a importação de navios, vai mesmo acontecer. (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
9 ⁄ 1 =