Ainda a instalação da Federação de Transportes em evento que aconteceu na Federação das Indústrias em nossa capital

0
49

Hoje publicamos mais uma foto, que marcou a instalação em Belém da Federação dos Transportes, evento que foi bastante prestigiado, e que aconteceu em um dos Auditórios da FIEPA – Federação das Indústrias do Estado do Pará. Na mesma aparecem o vice-Governador do Estado do Amapá, Jaime Nunes, General Ribeiro, 8.ª Região Militar, armador e empresário Relton Osvaldo Pinto, Kleber Campos, presidente da entidade e o empresário Kleber Menezes.
A FETRANSPA é, sem dúvida alguma, mais uma grande força para o setor de Transportes, tendo na sua primeira Diretoria a representação de diversas entidades, inclusive do setor aquaviário, este representado por diversos armadores, inclusive o seu primeiro Presidente, que comanda a NORTELOG. (Foto: Luiz Celso).

Tendência de crescimento da navegação de cabotagem neste ano

A navegação de cabotagem deverá crescer neste ano mais de 20%, o que será confirmado pela ANTAQ – Agência Nacional de Transportes Aquaviários. Esse modal que atinge toda a costa brasileira até Manaus, é operado com maior movimentação pelas empresas Aliança Navegação e Logística, Mercosul Lines, LOG-IN e Norsul, as duas primeiras fazendo a rota até Manaus.
Aliás, sobre a cabotagem no Brasil, continua no Congresso a movimentação do Projeto BR do Mar, que visa a importação de navios estrangeiros para atuar no Brasil, que pelo que se observa não está sendo bem-vindo pelas entidades maiores do setor. Resta aguardar, porque manda quem pode… mas tem que ser respeitado o direito dos marítimos brasileiros.

Dragagem na Bacia de Manobras e na área de Miramar JÁ!

Em recente Decreto, o Presidente da República, através do Ministério da Infraestrutura, recomenda às Companhias Docas, melhoramentos nos portos administrados pelas mesmas. Diante dessa recomendação e, é oportuno que a CDP – Companhia Docas do Pará, realize a dragagem necessária, tanto da bacia de manobras do porto de Belém como também na área que dá acesso ao Terminal Petroquímico de Miramar, hoje bastante assoreado, causando dificuldades para os Práticos da Barra com relação às manobras de atracação e desatracação.
Sobre o assunto, acredita-se, que a atual Diretoria dessa empresa portuária, que está imbuída dos melhores propósitos, com certeza tomará as providências cabíveis, para que amanhã não seja tarde demais.

Mais um Estaleiro encerrando as suas atividades

Lamentavelmente mais um estaleiro encerrou as suas atividades em nossa capital, deixando um bom número de empregados a ver navios, segundo informações chegadas a coluna, tudo por falta de encomendas, tendo em vista a crise que também atinge o setor. Assim mesmo ainda pensam em acabar com o AFRMM (Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante), que se acontecer, será um golpe fatal para a indústria naval do Brasil.
Enquanto isto, graças à sua boa administração e a excelente mão-de-obra que oferece, o Estaleiro RIO MAGUARI continua navegando em águas tranquilas, com suas atividades também diversificadas, sendo hoje referência internacional.

MARESIAS

Dois Projetos inoportunos tramitam pelo Congresso. Um sobre os serviços de Praticagem e outros sobre navios estrangeiros na cabotagem brasileira. Triste.

A crise está retardando a volta ao tráfego de um outro Catamarã da classe “Rondônia”, de propriedade de uma empresa de navegação de nossa capital.

A CRISMAR – Pesca, capitaneada pelo conceituado empresário Apoliano Nascimento, conta com uma frota de modernos barcos de pesca, que sempre abastecem nossa capital.

A empresa Camila Navegação, por diversas vezes premiada, continua consignando os mais importantes elogios, em função do excelente trabalho que realiza.

O Diretor Administrativo e Financeiro da CDP – Companhia Docas do Pará, há alguns dias passados, respondia pelo expediente da Presidência e da Diretoria de Gestão Portuária. Bravo.

Empresários e executivos de alto nível fazem parte da primeira Diretoria da Federação de Transportes, instalada recentemente em nossa capital. Muito bom.

Elogiável sob todos os aspectos o extraordinário trabalho do cedepeano Cileno Borges, no CONSAD – Conselho de Administração da CDP, representando os servidores da empresa.

O Esquadrão de Helicópteros do Comando do 4º Distrito Naval vem realizando importantes missões em toda área de sua Jurisdição, inclusive no Maranhão.

Hoje Belém conta com importantes entidades representativas ligadas ao setor, inclusive o SINDAMPA, muito bem organizado, com Jurisdição também no Amapá e Amazonas.

Na rota Belém/Macapá/Belém já operaram confortáveis navios convencionais fluviais, com suítes com TV e Ar-Refrigerado, um deles foi o “Comandante Solon”.

Mais um ano chegando ao final e até agora o navio-boiadeiro “Haidar” permanece naufragado no porto de Vila do Conde. Um verdadeiro mistério…

Enquanto isto o Pedral do Lourenço, no Rio Tocantins, não foi retirado, assim como outros obstáculos, que possibilitariam a livre navegação durante o ano todo. Um absurdo! (AS).

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

Seu comentário
Seu nome

Solve : *
25 − 9 =